30:MIN #169 – Livros caros e (também) onde habitam

Livros caros

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN, sua meia hora alucinógena de literatura. Nesta edição, Vilto Reis, Cecília Garcia Marcon e Lucien, o Bibliotecário (CabulosoCast) exibem suas fortunas, quer dizer, seus livros que custaram uma fortuna.

 

TRAZ A BEBIDA QUE PISCA: Estamos parcelando em 10x; achei que dava pra comprar, mas era o preço da parcela; o livro voou no meu colo; com 30 reias você pode comprar Um Gato chamado Borges; o próprio Guimarães Rosa me deu o livro; uma versão cosaciada, que saia fogos de artifício quando abrir o livro e muito mais!

 

 

Colabore conosco no Padrim

e ajude a pagar   os livros  a luz!

 

 

Livros caros comentados

Comentado pelo Lucien:

 

Feed do Podcast: http://feeds.feedburner.com/podcast30min

Assine o feed do Podcast 30:MIN no iTunes

Participe do Grupo do podcast 30:MIN no Facebook!

Spotify do Beber (ouça as trilhas do 30:MIN)

 

E nessa semana: Postem fotos dos seus livros e falem como vocês cuidam deles!

Envie seu e-mail com dúvidas ou sugestões para: podcast@homoliteratus.com ou deixe seu comentário no post!

Editado por Luis Beber

Luís Beber Author

Editor de podcast mas sonha em ser detetive de animais.

Comments

    Leila Terlinchamp

    (Janeiro 25, 2017 - 3:22 pm)

    Olá pessoal, Tudo bem? Fiquei umas semanas sem escutar os podcasts, agora estou escutando este sobre os livros. Já comentei antes, mas não participo tanto quanto gostaria. Muitas vezes escuto enquanto estou caminhando e penso, ‘hum, preciso enviar um comentário sobre isso’, aí a vida segue e acabo me esquecendo, uma pena a participação ficar só em espírito.

    Quanto ao assunto deste podcast sobre os livros, devo dizer que eu também dou importância às fontes, assim como a Cecília, mas aprecio muito as capas. Já perceberam a beleza das capas de muitos dos livros de autores japoneses? Há muitos anos comprei um livro do Junichiro Tanizaki (não conhecia o autor na época) praticamente pela capa, era um livrinho pequeno, a imagem da capa era linda. Assim, graças a uma capa, descobri um escritor maravilhoso e dele passei para Kawabata, Mishima…..

    Bom, quanto à pergunta de vocês, o livro mais caro da minha estante….não sei, meus livros estão bem espalhados, eu me mudei há pouco tempo e ainda tenho muita coisa na casa dos meus pais. Os mais caros acho que são as HQs mesmo.

    Abraços a todos e agradeço o trabalho de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *