30:MIN #186 – Quem Julga e Quem Condena?

Julgamento

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN. Nesta edição, Vilto Reis, Jefferson Figueiredo e Cecilia Garcia Marcon vão soltar os cachorros no espetáculo de julgamento midiático da última semana, e tentar lembrar qual é a função e como deveria atuar a Justiça.

 

Nos recadinhos dessa semana.

Colabore conosco no Padrim

e também nos ajude a crescer

 

 

Livros para você julgar se deve ler:

 

Agora é sua vez: Conversem conosco e coloquem também o seu ponto de vista.

Feed do Podcast: http://feeds.feedburner.com/podcast30min

Assine o feed do Podcast 30:MIN no iTunes

Participe da Lista Negra do Paul Rabbit, o grupo do podcast 30:MIN no Facebook!

Spotify do Beber (ouça as trilhas do 30:MIN)

 

Envie seu e-mail com dúvidas ou sugestões para: podcast@homoliteratus.com ou deixe seu comentário no post!

Editado por Luis Beber

Luís Beber Author

Editor de podcast mas sonha em ser detetive de animais.

Comments

    Elizabeth Micolis

    (Maio 16, 2017 - 11:07 am)

    30′ Episódio 186 – Amigos,vocês acham realmente que qualquer situação envolvendo o LILS pode existir sem pão ( com mortadela) e circo ? Lula é um artista (canastrão?)! Fui militante política na época da ditadura,meu marido foi barbaramente torturado,votei no PT em todas as eleições e,francamente,foi a maior decepção da minha vida (de muuita gente)! (ops! menos na do Chico Buarque…).Até para Fernanda Montenegro! Falando em Camus:”Se o homem falhar em assimilar a justiça e a liberdade,então falha em tudo”. Justiça para o povo brasileiro,vítima de uma quadrilha que lhe roubou direitos.(etc,etc…). Abraço da admiradora Elizabeth Micolis.

    Marcelo Gabriel Delfino

    (Maio 16, 2017 - 11:29 pm)

    É interessante perceber que apesar de dizerem que não estão defendendo lado algum, só vemos vcs criticando o que o “outro lado” pensa. Vou ficar esperando vcs fazerem um podcast para lamentar as atitudes do PT e do Lula, a começar pelo mensalão, que nem é o escândalo mais chamativo, mas é o mais perigoso, porque era um esquema para implantar um totalitarismo no país. Depois, a dica sobre “O Processo” de Kafka procede: vcs demonstram não entender absolutamente nada do que está acontecendo. Apelar para a inexistência de provas contra Lula só mostra que vcs não estão conseguindo compreender o que está se passando e fazem de sua ignorância (ou preferência política, o que nesse caso leva ao mesmo resultado) parâmetro para analisar o quadro. Não sou jurista, mas garanto que se houvesse mero cheiro de ilegalidade tudo já teria terminado. No fundo, vcs estão reclamando porque as pessoas estão se posicionando contra Lula. Embora isso não tenha a menor influência sobre o julgamento, como o próprio juiz fez questão de ressaltar, agora seremos obrigados a aguentar essas críticas de que o povo está querendo que Lula seja condenado. Não vejo o menor problema nisso, aliás. Todos tem direito a sua opinião, e isso não terá o menor efeito sobre o julgamento do Lula. A citação de Vitor Hugo é interessante de como vcs estão avaliando de modo enviesado o que se passa: Lula não roubou pão. Se ele cometeu crimes, foi para continuar no poder e viver uma vida de marajá. Não houve necessidade, logo, não tem cabimento.
    A referência a Baudrillard não está totalmente correta: ele fala de um simulacro sem modelo do real. Quer dizer, a simulação se tornou autônoma, sem que houvesse um modelo para copiar e, dessa forma, ela substitui o concreto. A consequência para nossa percepção é que perdemos a capacidade de refletir sobre os eventos reais e a simulação, ou seja, aquilo que não tem lastro. Nosso olhar desacostumado não consegue captar o alcance de um de outro. Vivemos, para Baudrillard, num mundo de simulacros, coisas sem essência.
    Por fim, recomendaria a leitura de Eric Voegelin (“Hitler e os Alemães”). Ele fala bastante da incapacidade de perceber o mundo real e acredito que o diagnóstico dele é bastante atual, inclusive para os senhores defensores da esquerda brasileira, que reclamam que o outro lado já condenou, enquanto vcs já absolveram.

    Nicole Ayres

    (Maio 18, 2017 - 2:20 pm)

    O cenário está cada vez mais caótico. É lamentável a organização política do Brasil.
    Mas gostei das indicações de leitura! Gosto muito de O Processo, e devemos admitir que nosso cenário atual está digno de um romance de Kafka rs

    Abs! ^^

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *