Antígona e Medeia: e a questão do fim da arte em Hegel

É mesmo o fim da arte? Nesse texto procuraremos discutir os conceitos de estado heroico e estado prosaico por meio das tragédias Antígona (442 ou 441 a. C.) e Medeia (431 a. C), e com isso evidenciar o fim do modo de arte grega ao mesmo tempo em que se anuncia o início da forma […]

Staël

Madame de Staël, a precursora da crítica comparatista

Análise das obras de Madame de Staël, autora europeia tida como precursora da crítica comparatista Apresentação da autora Anne-Louise Germaine Necker de Staël-Holstein (1766-1817), Madame de Staël, teve sua importância para os estudos literários em perspectiva comparada por se propor a analisar a literatura produzida fora da França, numa tentativa de adaptar o ideal romântico, […]

Paulina Chiziane e Simone de Beauvoir em dois poemas de Cecília Meireles

O que aproxima Simone de Beauvoir e Paulina Chiziane O avanço da idade, a proximidade da velhice e a consciência de si no outro, numa relação que não mais espelha o sonho realizado de um casamento feliz com um marido fiel. Com esses temas aproximamos a moçambicana Paulina Chiziane e a francesa Simone de Beauvoir; […]

A formação do escritor

É possível viver da escrita sem se preparar para ela? Nos últimos anos, tem se falado muito sobre a profissionalização do escritor. Várias discussões foram lançadas a partir da pergunta: é possível viver de literatura no Brasil? Há uma voz quase unânime afirmando que é possível viver da arte da escrita apenas produzindo um tipo […]

Lavoura arcaica, um tema eterno

O tema familiar e suas obsessões é retomado em Lavoura Arcaica, bem como suas implicações Tendo como pano de fundo a família patriarcal, o autor nos convida a examinar os mecanismos da individuação, a dificuldade de direcionar a libido de forma socialmente aceitável e a procura por um lugar no mundo – que o protagonista André  […]

Jean Cocteau e a beleza da decadência

Não existiu apenas um Jean Cocteau, mas vários: poeta, dramaturgo, crítico de arte, cineasta, artista plástico, e o autor de Dificuldade do ser É impossível falar de Jean Cocteau (1889-1963) sem descrever a sua habilidade de se multiplicar. Não existiu um Cocteau, mas vários: temos o poeta, que reclamava possuir poucos leitores; o dramaturgo, responsável por […]

Ferreira Gullar e o poeta que enxerga o passado através da poesia

Numa autobiografia poética e num célebre ensaio sobre Augusto dos Anjos, o poeta maranhense comprova-se o maior em atividade no Brasil Duas obras recentes trazem a proscênio o poeta Ferreira Gullar, sob a égide de sua vida, obra e do cruzamento de ambas comandado pelo dínamo literário. Em Autobiografia poética e outros textos, o autor […]

Borges e a fisiologia do mal

“Não pretendo ser perdoado, porque não há culpa em mim, mas quero ser compreendido”  (Deutsches Requiem) Quando Deutsches Requiem foi publicado na revista Sur em 1946 houve quem desconfiasse que seu autor nutrisse alguma empatia pelo Terceiro Reich. Afinal, o conto é narrado por um oficial nazista que, longe de se arrepender das atrocidades cometidas […]

Como seria O Castelo, de Kafka, escrito no Brasil?

O livro, fosse escrito em terras brasileiras, também revelaria um autor inconformado com as autoridades reinantes e a com a ineficácia da máquina pública E se “O Castelo”, de Franz Kafka, tivesse sido escrito no Brasil de hoje, como seria? Certamente, os personagens e os locais teriam outros nomes, como J. em vez de K., […]