Categoria: Resenha

Análise crítica da leitura de algum livro específico.

Frantumaglia: o relato de Elena Ferrante

Existe um problema insistente entre os leitores de Elena Ferrante: não é possível se cansar da sua narrativa quando diante do final de mais um livro Quando terminei de ler…

Haruki Murakami e os suicidas (comentários sobre o livro Norvegian Wood)

Como e por que os personagens de Norwegian Wood, de Haruki Murakami, acabam por se suicidar? Este é um livro sobre a morte. A morte da esperança, que leva ao suicídio….

O mistério e a sedução do Pretérito Imperfeito

A melancolia adocicada do Pretérito Imperfeito Pretérito Imperfeito, do escritor Gustavo Araújo, é um daqueles livros que você mal começa e já se apaixona. Sedutora e envolvente, a narrativa prende…

12 Notas de um romance sobre aborto – ‘Vitória’, de Giovanni Arceno

Gosta de literatura nacional contemporânea? Saiba porque ler (ou não) Vitória, de Giovanni Arceno [1] Vamos expor todos os supostos defeitos. Depois você vai entender o porquê [ver nota 3]. [2]…

Eu contra o sol e muito além dele

Eu contra o sol, livro do escritor Alex Tomé, é uma batalha de um personagem em busca de si mesmo Pela orelha do livro, vê-se que o autor, formado em Comunicação…

Ultra Carnem, de Cesar Bravo: uma perspectiva do Inferno

O sangue é o pano de fundo para mostrar até onde cada ser humano pode chegar A guerra entre o Céu e o Inferno ganha um novo significado quando as…

O lirismo como voz em ‘Mornas eram as noites’, de Dina Salústio

Os 35 textos bastante curtos de Mornas eram as noites mergulham no calor de histórias com um lirismo intenso, em que a subjetividade desponta na narrativa Segundo os dicionários, algo…

Seria o escritor Raphael Montes um canibal?

Jantar secreto, novo romance de Raphael Montes, apresenta uma trama repleta de citações pops, referências de outros escritores policiais e canibalismo Desde a publicação de Suicidas, passando por Dias perfeitos…

Meia-Noite e Vinte e a nostalgia de ser jovem

A nostalgia da juventude A tônica de Meia-Noite e Vinte (Cia das Letras, 2016), de Daniel Galera, é a volta ao passado. Amigos de um antigo grupo de e-zine que…

O inverno e depois. E depois?

O que fica depois do inverno? Há livros que emocionam pelo conteúdo humano, outros modificam nosso olhar sobre a literatura do autor, há também os que ficam como referência de…

@homoliteratus on Instagram