Categoria: Resenha

Análise crítica da leitura de algum livro específico.

A ciência do Supermacho e o desafio Cosac Naify para a Editora Ubu

“Fazer amor é um ato sem importância, já que se pode repeti-lo indefinidamente” E não o é? Assim começa o romance de Alfred Jarry. Parece banal perante a todas as discussões…

Romancista como vocação

Haruki Murakami descreve o seu processo criativo e conta a sua história no livro Romancista como vocação Para deixar claro, eu gosto do Haruki Murakami. É um escritor com estilo próprio e…

As pequenas impossibilidades de Cesar Cardoso

As breves impossibilidades de uma coletânea de minicontos Pela sua própria natureza, o conto possui como característica o fato de ser curto. No entanto, essa brevidade não implica em dar…

O Romantismo ridicularizado em “Coração, cabeça e estômago”

Coração, cabeça e estômago é uma chance de reconciliação com parte da produção do Romantismo O Romantismo é um período literário conhecido por seus extremos. O amor extremo, o sofrimento…

A voz das mulheres em ‘A guerra não tem rosto de mulher’

Em A guerra não tem rosto de mulher, de Svetlana Aleksiévitch, a história da Segunda Guerra Mundial é contada por mulheres combatentes que durante décadas foram silenciadas No livro A…

‘As horas’ marcadas por memórias, relacionamentos e solidão

Relações conturbadas, a solidão do presente, o medo do futuro, o desejo de liberdade são questões presentes na vida dos personagens de As horas, de Alex Andrade Os contos do…

As bizarrices da literatura brasileira em livro

História bizarra da literatura brasileira, de Marcel Verrumo, apresenta fatos emocionantes, divertidos e bizarros escondidos por trás das linhas da literatura nacional Você sabia que Álvares de Azevedo previu o dia…

A harmonia romanesca de Allegro ma non troppo

Uma tentativa harmônica de um encontro Paulliny Gualberto Tort já tem ampla experiência no campo da escrita. Jornalista, atua como colunista da rede de autores Ornitorrinco. É editora de literatura…

Torcicólogos literários do absurdo

No seu novo livro, Gonçalo M. Tavares quebra pescoços duros de estagnação literária Todas as vezes que decido ler um livro de Gonçalo M. Tavares, preciso de uma preparação mental…

‘Solidão’, de Márwio Câmara, faz excelente companhia aos leitores

Linha a linha, escritor carioca desnuda a intensidade de sua literatura Solidão e outras companhias é um livro que faz jus ao próprio título. O que o leitor vai encontrar,…

@homoliteratus on Instagram