Ana e os portais

Ana saiu naquela manhã ensolarada levada pela mão do pai. Estava feliz, adorava passear, mas nunca fora até o centro da cidade. Aquele era um dia especial, ela ia tirar fotografia. Todo mundo naquele tempo tinha uma foto em preto e branco, que a gente tirava no fotógrafo. Sua mãe lhe pusera o único e […]

Preferencialmente, uivos!

Não sei em terras lusitanas, mas, no Brasil, todos já sabem que agosto é o mês do cachorro louco. Uivava a cachorra de Dóris, louca que não estava, no cio talvez. Mas a cachorra, coitada, dessa história é a fração milloriana mais ordinária. Deixemo-la. Dóris tomou o café, saiu mais cedo que o horário habitual […]

Conto: Eu deveria ter morrido em Waterloo

Ainda derramando sangue, o carrasco a ergueu pelos cabelos e a multidão explodiu com gritos de Viva a República! A cabeça erguida tinha os olhos fixos no futuro imperador. Era a própria morte a olhá-lo. Então ele notou que não era a da rainha, mas a sua própria cabeça que estava pendurada nas mãos do […]