Meia-Noite e Vinte e a nostalgia de ser jovem

A nostalgia da juventude A tônica de Meia-Noite e Vinte (Cia das Letras, 2016), de Daniel Galera, é a volta ao passado. Amigos de um antigo grupo de e-zine que fez muito sucesso no fim dos anos 90 reúnem-se a partir da morte brutal de um deles, o único inclusive que prosseguiu na carreira literária, […]