Huxley / A Ilha

A Ilha parece um testamento pessoal de Aldous Huxley

            A Ilha, última ficção de Aldous Huxley, traz algumas características de sua prosa. Considerando aspectos literários, é um livro mediano, que deve um pouco às publicações anteriores – embora seja mais fácil o ler como um testamento pessoal do autor. Pala é A Ilha perfeita. Afastada dos grandes centros […]

A distopia tem o poder de prever o futuro?

A literatura distópica pode ser certeira! George Orwell, Isaac Asimov e Anthony Burgess provaram isso Desde que um canal de TV holandês se inspirou no célebre livro de George Orwell, 1984, para criar um dos reality shows de maior sucesso até hoje já vistos, o público redescobriu a distopia em diversas expressões artísticas, principalmente na literatura. […]

30:MIN #165 – Distopias, tecnologia e livros perturbadores

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN, sua meia hora alucinógena de literatura. Nesta edição, Vilto Reis, Cecília Garcia Marcon e Jefferson Figueiredo ficam paranoicos com a tecnologia após assistir e discutir Black Mirror e decidem falar sobre distopias e livros perturbadores.   E hoje no podcast: Black Mirror sem spoilers; paranoia tecnológica; nem nos […]

A internet está cada vez mais parecida com a mídia de 1984

Os princípios da novilíngua e da teletela são estão presentes nas mídias atuais 1984 e Admirável Mundo Novo são dois dos livros mais importantes escritos no século XX, pois  tratam do futuro da sociedade, mais especificamente um futuro no qual as pessoas são manipuladas e dominadas por um Estado autoritário. Escritos como forma de advertência aos […]