A casa do poeta Guilherme de Almeida

Moradia do caos, mas pode chamar de casa A chuva fina não parava, o cinza deixava a cidade com clima melancólico, dois seguranças próximos ao portão recepcionavam os visitantes. A residência é a casa onde morou o poeta, cronista e um dos idealizadores da Semana de Arte Moderna de 1922, Guilherme de Almeida, carinhosamente nomeada […]