O filho que Lovecraft poderia ter tido

HP Lovecraft e HR Giger são unidos pela escuridão O artista plástico Hans Rudolf Giger (1940-2014) poderia ter sido o filho que Howard Phillip Lovecraft (1890-1937) não teve. Suas vidas comprovam que são separados por anos e geografias, mas são unidos afetivamente pelo terreno explorado em suas obras; o escritor nasceu e começou a produzir […]

O chamado de Lovecraft

Desconhecido em vida, Lovecraft se tornou conhecido graças aos amigos que publicaram sua obra Notei, um dia desses, que tanto o primeiro, quanto o último livro que comprei para ler em 2015 foram do H. P. Lovecraft. O primeiro, O chamado de Cthulhu e outros contos, da Hedra, com tradução do Guilherme da Silva Braga […]

Algo perverso vem aí – as leituras reinterpretadas em Penny Dreadful

O seriado Penny Dreadful cria drama e horror ao combinar suas múltiplas referências de leitura “By the pricking of my thumbs, something wicked this way comes” Uma das interpretações dessa frase do velho Shakeaspeare é “pelas picadas dos meus dedões, algo perverso vem aí”. Fossem apenas os polegares dos personagens, eles ficariam seguros em suas […]

13 Livros assustadores para passar bem o feriado dos mortos

Uma lista de obras imperdíveis para entrar no clima de Halloween e finados.  O gênero terror, tanto na literatura, quanto no cinema e em outras artes, está geralmente ligado ao suspense, ao medo e ao mundo sobrenatural. São histórias que vêm também da cultura popular, perpetuadas pelos causos e narrativas orais. Essas histórias têm sempre o […]

HORROR: um gênero mais velho do que você pensa

Você já parou para pensar ou questionou: qual a idade do gênero de literatura que mais te cativa à leitura?   Pense bem, a impressão de livros foi um desafio para a humanidade desde sempre. Somente no final do século XIX aconteceu a popularização dos livros. Reproduzidos manualmente, a preservação das histórias era feita de forma precária, […]

Abraçando a escuridão com H.P. Lovecraft

Mas há um alívio, acredite. Essa combinação de horrores É H.P. Lovecraft. Ele foi maluco o bastante para criar a própria mitologia, com direito a hierarquia e coerência próprias.  “Vivemos em uma plácida ilha de ignorância em meio a mares negros de infinitude, e não fomos feitos para ir longe. As ciências, cada uma empenhando-se […]