Em defesa dos chatos!

  Há uma figura que, independentemente da época, é sempre rechaçada: o chato. Não sei bem o porquê, mas nutro uma simpatia pelos chatos e, mais do que isso, para mim, eles são fundamentais para que o mundo caminhe em frente. Na literatura, então, eles ainda são poucos, bem mais numerosos do que em outras […]

Jorio Dauster: o embaixador que traduziu O Apanhador no Campo de Centeio

O Homo Literatus conversou com Jorio Dauster, tradutor de O apanhador no Campo de Centeio e outras obras importantes Nascido em 1937, Jorio Dauster foi um dos tantos jovens fortemente impactados pelo livro O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger, lançado nos Estados Unidos em 1951. Anos depois, em 1957, aquele jovem, que […]

30:MIN #187 – Duelo de Titãs – Cecilia vs Vilto

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN. Nesta edição, Jefferson Figueiredo irá mediar um duelo de titãs, uma batalha épica entre Vilto Reis e Cecilia Garcia Marcon onde serão invocados escritores para o campo de batalha.   Nos recadinhos dessa semana. Hora Alucinógena 8 – Futebol Sorteios de Abril e Maio Seja do nosso coração […]

30:MIN #148 – 10 Escritores que não dão as caras

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN, sua meia hora alucinógena de literatura. Nesta edição, Vilto Reis e Jefferson Figueiredo falam de gente que não gosta de ser falada, nem fotografada, nem dar muita entrevista. Entre neste mundo fechado dos escritores reclusos! Manual do Escritor Recluso: Atualize seu twitter uma vez por semana; passe a […]

Peixes-banana ou destroços psíquicos da guerra, segundo Salinger

Um dia perfeito para os peixes-banana: um conto que apanha a face poética de Jerome David Salinger J. D. Salinger (1919-2010), amado por alguns, odiado – mal compreendido cof! cof! – por outros, lido por beatlemaníacos, adolescentes e amantes da literatura, publicou uma curta, porém belíssima obra, além do conhecido O apanhador no campo de […]