“Não pretendo ser perdoado, porque não há culpa em mim, mas quero ser compreendido”  (Deutsches Requiem) Quando Deutsches Requiem foi publicado na revista Sur em 1946 houve quem desconfiasse que…