Séries

Entre os líderes na tabela de séries preferidas

  Este é um espaço para falar de livros e talvez eu não devesse escrever sobre outra coisa. Vou infringir, mais uma vez, essa regra. Espero que os leitores possam me perdoar. Não digo que sou um viciado que está sempre à procura de uma nova série, mas posso afirmar que Boardwalk Empire, True Detective […]

Seria o escritor Raphael Montes um canibal?

Jantar secreto, novo romance de Raphael Montes, apresenta uma trama repleta de citações pops, referências de outros escritores policiais e canibalismo Desde a publicação de Suicidas, passando por Dias perfeitos e O vilarejo até este Jantar secreto, Raphael Montes tem mostrado um amadurecimento enquanto escritor. Também certo gosto pelo canibalismo. Mas antes tratemos deste último […]

Detetives que não enxergam

A solução dos casos sempre passa pela frente do detetive, mas ele nunca a enxerga. Essa frase (parafraseada) é dita pelo investigador Martin Hart, interpretado por Woody Harrelson na primeira temporada de True Detective. Talvez seja o mesmo caso do conto A carta roubada, de Edgar Allan Poe. Ali, C. A. Dupin prova que a […]

30:MIN #162 – Agatha Christie versus Sir Arthur Conan Doyle

Sejam bem-vindos, leitores e leitoras ao 30:MIN, sua meia hora alucinógena de literatura. Nesta edição, Vilto Reis, Cecília Garcia Marcon e Jefferson Figueiredo decidem finalmente (ou não) quem é o melhor na produção de romances policiais: Agatha Christie ou Sir Arthur Conan Doyle?   E hoje no podcast: Família comercial de margarina; Sherlock adivinho; ela […]

O leitor assume o papel do detetive em “E não sobrou nenhum”

Nesse romance policial sem detetive, quem investiga é o leitor E não sobrou nenhum, de Agatha Christie, é tido como o romance policial mais vendido da história. Publicado pela primeira vez em 1939, teve mais de 100 milhões de cópias vendidas ao redor do mundo. Seu título original foi Ten Little Niggers (no Brasil, O […]

Uma janela em Copacabana: Espinosa e o leitor saem à caça

Luiz Alfredo Garcia-Roza cria em Uma janela em Copacabana um cenário complexo pelo qual o detetive Espinosa circula Pensando na forma, talvez a marca registrada de Luiz Alfredo Garcia-Roza seja a linguagem refinada, característica nem sempre associada ao roman noir. Nascido em 1936, no Rio de Janeiro, é formado em filosofia e psicologia, tendo sido professor titular […]

Assassinos por natureza

Keanu Reeves incorpora magistralmente a imagem do assassino por natureza desperto pela fúria que só será aplacada quando todos que lhe tiraram a oportunidade duma vida pacífica estiverem no necrotério Final de ano é um tempo de férias (relativas, no meu caso) dedicado a leituras encalhadas, títulos que incorporam uma fila que só aumenta. Decidi […]