Caçando Carneiros, de Haruki Murakami

Caçando Carneiros é o terceiro romance do autor japonês Haruki Murakami, mas o primeiro em que temos o autor em sua forma plena Caçando carneiros é um romance sobre a mudança e a aceitação dessas mudanças. Isto deve ficar claro desde o inicio da leitura. O narrador sem nome é um sujeito passando por uma […]

O leilão do lote 49, de Thomas Pynchon, e a paranoia

Em O leilão do lote 49, Thomas Pynchon nos apresenta a uma gama de personagens paranoicos que circulam numa história cheia de teorias da conspiração O leilão do lote 49 é um romance difícil de definir. Primeiro, defini-lo como romance para muitos já parece um erro, sendo mais correto chamá-lo de novela. Mas este não é […]

Entrevista com Miguel Sanches Neto

Miguel Sanches Neto lançou neste ano o volume de contos A bicicleta de carga e outros contos, com 17 textos. Autor conversou com o Homo Literatus sobre o livro e outros assuntos Miguel Sanches Neto acorda às 4h todos os dias. Morador de Ponta Grossa (PR), ele dedica 12 horas diárias ao seu trabalho: o […]

Roberto Bolaño: um ranking do pior ao melhor romance

Uma lista sobre os romances do escritor chileno Roberto Bolaño, falecido em 2003, avaliando os seus romances do pior ao melhor Roberto Bolaño viveu a literatura como poucos. Sua vida e perambulações o levaram do seu Chile ao México e por fim à Espanha. Assim, nunca foi um literatura comum, o que pode explicar sua […]

Cristovão Tezza fala sobre o romance “Trapo”, que completa 30 anos em 2018

Cristovão Tezza fala sobre Trapo, romance publicado em 1988, que mudou para sempre sua carreira de escritor no cenário nacional Cristovão Tezza tinha 36 anos em 1988. Até aquela ocasião, já publicara alguns livros. Vivendo em Curitiba, ele ainda não tinha sido descoberto pela crítica nacional. Tudo  começou a mudar naquele ano.  Em 1988, Tezza lançou […]

Paulina Chiziane: uma voz feminina em África

Com o seu primeiro livro, Balada de Amor ao Vento, a escritora Paulina Chiziane foi a primeira mulher moçambicana a publicar um romance Embora haja, atualmente, nomes de grande relevância protagonizando a literatura africana em língua portuguesa, ainda não é expressiva sua difusão em nosso país. Assim, é fundamental que tanto a leitura quanto o […]

rabudinha

Rabudinhas e despudoradas: as mulheres de Giovana Madalosso

Rabudinhas, despudoradas e sobreviventes de tudo, as mulheres das ficções de Giovana Madalosso despertam várias interpretações As mulheres ficcionais da Giovana Madalosso são umas rabudinhas. Seus dois livros evidenciam isso: da seleta de contos A Teta Racional, publicada pela Grua em 2015, ao romance Tudo pode ser Roubado, publicado esse ano pela Todavia. Elas sobrevivem […]

Brutalidade em transição – Enterre seus Mortos, de Ana Paula Maia

Enterre seus Mortos mantém a unidade da voz autoral de Ana Pala Maia, e adiciona elementos à brutalidade que se tornou parte de sua produção Brutalidade é uma palavra fácil de associar à produção literária de Ana Paula Maia. Seus personagens são brutalizados pelo que os cerca, dos ofícios extenuantes às histórias pessoais de cada […]

Considerações sobre romance e realidade

Qual é o comprometimento do romance com a realidade? Esse gênero literário reproduz e transporta a realidade para ficção? O romance busca capturar a realidade, mimetizá-la. Tal reprodução, no entanto, não necessariamente deve ser fidelíssima ao que se observa no plano real: pode-se dizer que o romance tenta apreender a realidade e transportá-la, transportar seus […]

Germinal, de Émile Zola: uns toques históricos e apreciações estéticas

Germinal, livro de Émile Zola construído a partir de criação ficcional e análise de campo, é analisado em seu recorte, seus acertos e enganos  Em 1885, o francês Émile Zola (1840-1902) lançou o romance naturalista Germinal, depois de um esforço gigantesco para sua elaboração. A obra relata a realidade de uma fração específica da classe […]