Jorio Dauster: o embaixador que traduziu O Apanhador no Campo de Centeio

O Homo Literatus conversou com Jorio Dauster, tradutor de O apanhador no Campo de Centeio e outras obras importantes Nascido em 1937, Jorio Dauster foi um dos tantos jovens fortemente impactados pelo livro O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger, lançado nos Estados Unidos em 1951. Anos depois, em 1957, aquele jovem, que […]

Um cartão de visita da literatura holandesa

A antologia Contos Holandeses é um cartão de visita à produção literária holandesa     A antologia Contos Holandeses (2017) foi organizada pelo tradutor Daniel Dago, um apaixonado pelo idioma holandês – e não seria exagero chamá-lo de devorador cultural. A obra nos dá um cartão de visita da produção literária holandesa, criando uma ponte […]

O poder da tradução: muito além da adaptação linguística

Por que uma tradução vai muito além de uma mera passagem de um idioma para o outro É muito comum consumirmos literatura estrangeira (principalmente a americana contemporânea, francesa, inglesa e italiana). Diria que até mais comum que o consumo de nossa literatura brasileira. Os sucessos mundiais de vendas em livros são, inclusive, de não-brasileiros, e […]

Tradução por tradução: corvo à parte

Uma tradução vai muito além de transferir o sentido de uma palavra de um texto a outro Escrever é uma tarefa árdua e complexa, sobretudo quando se trata do gênero poético, pois diferentemente dos demais, é regido por regras específicas, tais como: rimas, métricas, plano de expressão e de conteúdo, figuras de linguagem e afins – […]

A literatura brasileira que pula os muros da imigração

A literatura brasileira está rompendo barreiras, atingindo fronteiras graças a traduções A literatura brasileira não é conhecida no mundo apenas por livros do Paulo Coelho, como muito se ouve por aí. De fato, o escritor atingiu uma extensão de traduções bem grande, mas o mercado literário tem crescido e, felizmente, diversos escritores atuais brasileiros têm quebrado […]

As vantagens e desvantagens de ler uma tradução

A leitura de bons livros é altamente positiva para diversos âmbitos da vida intelectual: ampliamos nossas habilidades da leitura e escrita através de materiais de qualidade. Sendo uma tradução, isto pode impactar negativamente em detrimento à leitura de bons autores nacionais? Antes de tudo, gostaria de agradecer ao leitor Bruno por ter posto a pergunta. […]

Tradução Literária: uma conversa com Christian Schwartz sobre inglês

A série Tradução Literária, uma breve conversa sobre a tradução continua – e o Homo Literatus conversou com Christian Schwartz, pelas mãos de quem o High Fidelity de Nick Hornby tornou-se o Alta Fidelidade, além de outras obras deste e de outros autores. Por que o interesse em inglês e como você aprendeu o idioma? […]

Tradução Literária: papo com Ernani Ssó sobre traduzir do espanhol

Nesta segunda parte da série Tradução Literária, uma breve conversa sobre a tradução, o Homo Literatus conversou com Ernani Ssó, tradutor do monumental Dom Quixote (pela Companhia das Letras, no selo Penguin, 1.328 páginas), dentre muitas outras obras, originalmente escrito em espanhol. *** Por que o interesse em espanhol e como você aprendeu o idioma? Há alguma técnica […]

Tradução Literária: papo com Carola Saavedra sobre traduzir do alemão

O Homo Literatus estreia a série Tradução Literária, uma breve conversa sobre a tradução. A primeira delas com Carola Saavedra, autora dos romances Flores Azuis, O Inventário das Coisas Ausentes e e tradutora dos livros Tudo o que tenho levo Comigo, de Herta Muller, e Morte de Tinta, de Cornelia Funke, ambos escritos originalmente em […]