6 Livros essenciais para fãs de Star Wars

0
1265

Até o final da semana, Star Wars com certeza será o assunto mais comentado em boa parte do mundo. A estréia do filme, que aconteceu, no Brasil, nesta quita-feira, é como o zênite de um ano dedicado à série, que vai muito além dos filmes. Para celebrar, e para dar aos fãs mais o que devorar durante a longa espera pelo próximo episódio, eis uma lista com alguns dos livros essenciais do universo de Star Wars.

A trilogia Thrawn, de Timothy Zahn (Herdeiro do Império, Ascensão da Força Sombria, O Último Comando): parte do celebrado Universo Expandido da saga, que deixou de ser canônico após a compra da Lucasfilm pela Disney, os três livros de Zahn ainda são considerados marcos da incursão de Star Wars na literatura. Não apenas aprofundaram os protagonistas Luke, Leia e Han, mas também apresentaram à audiência alguns dos que seriam personagens extremamente queridos pelos fãs, como Mara Jade e o próprio grão-almirante Thrawn.

Um Novo Amanhecer, de John Jackson Miller: um dos primeiros livros que, após a aquisição dos direitos autorais pela Disney, passa a integrar a continuidade oficial da série. “Amanhecer” segue os protagonistas da série de animação Star Wars Rebels oito anos depois dos acontecimentos do Episódio III, A Vingança dos Sith.

Darth Vader e Filho e A Princesinha de Vader, de Jeffrey Brown: se você é realmente um fã devoto de Star Wars, não precisa fingir que vai comprar os livros para um sobrinho: respire fundo e compre para você mesmo. Nestes pequenos volumes, o ilustrador Jeffrey Brown retrata um engraçado cotidiano de Darth Vader e os pequenos Luke e Leia. Divirta-se com eles sempre que a cara do Hayden Christensen te deixar triste.

marcasdaguerraMarcas da Guerra, de Chuck Wendig: sim, o lançamento literário de 2015 que mais gerou expectativas nos fãs. Marcas da Guerra, uma história que antecede a do filme O Despertar da Força, mostra o que aconteceu com vários dos personagens clássicos após O Retorno do Jedi, apresentando também protagonistas novos, que se dividem entre aqueles a apoiar a Nova República e os que desejam resgatar o governo dos Sith. Lembrem-se: Vader Vive.

Estrelas Perdidas, de Claudia Gray: a autora de young-adult entra para o time de autores da saga Star Wars com um romance entre Ciena e Thane, dois pilotos separados por sua ideologia, em uma história cobrindo tanto os acontecimentos da trilogia original quanto aqueles além dela.

Como Star Wars Conquistou o Universo, de Chris Taylor: talvez o trabalho mais completo de não-ficção a respeito de Star Wars, explorando os filmes, o início de George Lucas, o Universo Expandido, a febre que a série lançou no mundo. Ao mesmo tempo, é a bem-humorada história do próprio Taylor, um fã como qualquer outro, querendo compreender o que faz de Star Wars o fenômeno que é, sujeitando-se, entre outras coisas, a aulas de manuseio de um sabre de luz, ou explorando o curioso mundo dos que seguem a filosofia jedi como uma religião.

***

E aí, já leu algum deles? Qual livro você acrescentaria à lista?