7 Belos desenhos de Sylvia Plath

Sylvia Plath e seus dois filhos, Frieda e Nicholas (1962). Fotografia: Siv ArbSylvia Plath e seus dois filhos, Frieda e Nicholas (1962). Fotografia: Siv Arb

Qual o limite para a versatilidade de um artista? Difícil saber.

Recentemente, saiu aqui no Homo Literatus um texto que tratava de três facetas de Sylvia Plath (linda, poetisa e suicida). Mas tal texto não alcançou outro lado desta grande mulher, sua veia de desenhista.

Mesmo que Plath seja conhecida por seus poemas e seu único romance, A Redoma de Vidro, sua paixão pela arte acompanhou-a em sua curta vida. Desde seus primeiros diários, ilustrações acompanhavam as letras. Em 1956, num artigo que escreveu sobre a Espanha, publicado no Christian Science Monitor ,  foi ilustrado com um de seus desenhos. Noutro artigo publicado em 1959, na mesma revista, um novo desenho acompanhou o texto, no qual havia um velho fogão a lenha, um pneu e um carrinho de mão do lado de fora de um galpão e uma coleção de garrafas de barro.

Em entrevista no rádio ao programa The Voice of Poet, Sylvia Plath disse: “Eu tenho uma imaginação visual, por exemplo, minha inspiração é a pintura e não a música quando vou para alguma outra forma de arte. Vejo estas coisas muito claramente”.

Abaixo, você fica com alguns desenhos da poetisa.

1-Boat-of-Rock-Harbour-Cap-Cod-

15-Untitled-Cow-

sylvia130707mj-thumb

thumb (1)

thumb (2)

thumb (3)

thumb

Vilto Reis
Autor do livro "Um gato chamado Borges", professor de escrita criativa e apresentador do Podcast de Literatura 30:MIN.
Vilto Reis
Autor do livro "Um gato chamado Borges", professor de escrita criativa e apresentador do Podcast de Literatura 30:MIN.
- Advertisment -

Em Alta

- Advertisment -