Acertada a publicação de livros inéditos de Roberto Bolaño

A editora Alfaguara (da Espanha) publicará todas as obras do escritor chileno, inclusive as inéditas: o romance El espíritu de la ciencia ficción e um livro de contos.

roberto_bolano
Roberto Bolaño

A editora Alfaguara, selo pertencente à Penguin Random House Grupo Editorial, chegou a um acordo com os herdeiros do escritor Roberto Bolaño (Santiago de Chile, 1953-Barcelona, 2003) para publicar toda a sua obra. O acordo alcançado com a agência Wylie, representante dos herdeiros do autor, inclui os vinte um títulos que integram sua obra atualmente, assim como dois textos inéditos: um romance, intitulado El espíritu de la ciencia ficción, que será publicado em novembro deste ano na Feria del Libro de Guadalajara, e um livro de contos. Ademais, o acordo inclui os direitos digitais de todos os seus títulos. Pela primeira vez se terá acesso à edição digital de toda a sua obra.

No que se refere ao romance inédito, Roberto Bolaño mencionou em várias ocasiões El espíritu de la ciencia ficción em sua correspondência desde 1980. Em carta escrita de Blanes, em 1984, ele diz que foi um projeto que manteve vivo durante muitos anos. Pertence à mesma etapa criativa de Monsieur Pain, Los consejos de un discípulo de Morrison a un fanático de Joyce, o conto El contorno del ojo e La universidad desconocida. Os livretos dos manuscritos podem datar-se dos primeiros anos de residência em Blanes, quando sua ficção jogou jogos de estratégia que se refletiram no romance O terceiro Reich.

Trata-se de um romance que segue sua metodologia de trabalho habitual prévia de uso de ordenador: notas, borracha e transcrição a limpo. A data e assinatura no final do manuscrito indicam que o deu por finalizado. Foi transcrito postumamente; o arquivo no computador tem um total de 43.612 palavras e 167 páginas. Uma de suas seções, intitulada “Manifiesto mexicano”, foi incluída em La universidad desconocida e publicada em inglês na revista The New Yorker.

9012_2
Caderno de notas do escritor. Foto: Arquivo Roberto Bolaño

El espíritu de la ciencia ficción está ambientado em México D.F. durante os anos setenta. Composta por duas partes nas quais se desenvolvem três tramas, o romance mescla traços de literatura realista com outros fantásticos e de caráter onírico ao descrever os sonhos do protagonista. Há certos elementos comuns entre seus personagens e os protagonistas de Os detetives selvagens; parece que relata a adolescência destes últimos.

A partir do próximo mês de setembro, a Alfaguara relançará (na Espanha e demais países hispanoamericanos) os romances 2666 e Os detetives selvagens e continuará com a reedição de todos os títulos, também em edições econômicas no selo Debolsillo.

 

Traduzido e adaptado do El Cultural.

Vilto Reis Author

Escritor, Editor-chefe do Homo Literatus, Diretor da RUSGA - Cursos Para Escritores, Publisher da Editora Nocaute e autor do romance Um gato chamado Borges (Nocaute, 2016).