Carolina Prospero

Carolina Prospero
Nome
Carolina Prospero
Bio
Professora de Literatura e Redação. Formada em Letras pela Unicamp, fez lá também o seu mestrado, no qual trabalhou com a obra da musa-mor Clarice Lispector. Escreve de vez em quando, muito menos do que gostaria. Adora livros, séries e o seu gato Dante.
Twitter
Facebook
Medium

Recent Post byCarolina Prospero

Os julgamentos virtuais em “O Tribunal da Quinta-feira”, de Michel Laub

O Tribunal de Quinta-feira, romance de Michel Laub, expõe as ambiguidades dos julgamentos morais da nossa época, potencializados pelas relações virtuais As mudanças nas relações sociais com o advento da internet foram profundas. A forma de fazer amigos, namorar, debater, divertir-se, entre muitos outros itens, não é mais a mesma de duas décadas atrás. Era […]

A boa escolha narrativa de “O sol é para todos”

Além de tratar sobre o racismo, a obra O sol é para todos, de Harper Lee, tem como grande diferencial a voz infantil da narradora  Bons livros podem ser avaliados por diversos ângulos. Geralmente, eles trazem não apenas temas que prendem, mas também formas interessantes de contá-los. É o caso de O sol é para todos (no […]

A farsa na sua melhor forma em “O bem amado”, de Dias Gomes

O Bem Amado é uma farsa elaborada, mas carrega tanto do “real” que às vezes parece difícil saber onde a farsa começa A farsa da peça Ridendo castigat mores: rindo se castigam os costumes. A frase, atribuída ao escritor francês Molière, explicita uma das principais funções que as peças teatrais têm carregado ao longo dos […]

A influência machadiana em ‘Leite Derramado’, de Chico Buarque

Alguns aspectos da obra literária Leite Derramado dialogam com a literatura de Machado de Assis Falar de Chico Buarque requer cuidado. Sua figura é uma das mais conhecidas e comentadas do Brasil, apesar do cantor, compositor e escritor evitar, via de regra, a exposição midiática. Tudo o que lança (ou fala) costuma despertar paixões, rendendo-lhe fervorosos elogios […]

O Romantismo ridicularizado em “Coração, cabeça e estômago”

Coração, cabeça e estômago é uma chance de reconciliação com parte da produção do Romantismo O Romantismo é um período literário conhecido por seus extremos. O amor extremo, o sofrimento extremo, o escapismo extremo. Um dos escritores que ajudou a cristalizar esse extremismo na literatura portuguesa do século XIX foi Camilo Castelo Branco, ancorado em […]

7 lições de Michelangelo sobre o fazer artístico

A biografia de Michelangelo mostra a difícil relação do homem com a arte e também nos dá sete lições sobre a produção artística   A mais recente biografia de Michelangelo, famoso artista do Renascimento, traz um panorama interessantíssimo sobre essa figura tão importante da nossa história. Mais do que dessacralizar o gênio – ao revelar seu […]

O particular e o universal em “Mayombe”, de Pepetela

E tu, Sem Medo? As tuas ideias não são absolutas? A literatura africana vem trazendo gratas surpresas ao público brasileiro, desacostumado, até pouco tempo atrás, com seus autores e temas. Mia Couto e Ondjaki, só para citar dois nomes, passaram a ser mais estudados no país e trouxeram toda a sua linguagem poética, os seus […]