Clara Madrigano

20 POSTS 2 COMENTÁRIOS
Maria Clara Madrigano é escritora, jornalista e tradutora. Pode ser encontrada no @makeitsuntory.

As consequências da escrita de Charlotte Brontë

1
Assim como suas irmãs, Emily e Anne, Charlotte Brontë mostrou desde cedo sua dedicação e seu empenho para mudar a literatura Charlotte Brontë é lembrada como a mais velha...

Escrita feminina e escrita masculina

4
Homens e mulheres escrevem de modos diferentes? Existe uma escrita feminina e outra masculina? A escritora Maxine Kumin, em vários momentos de seu início de...

Conto: Chalé de chaminé torta

0
  Ele esperou até o anoitecer. Esperou até que os pais estivessem dormindo, cada um virado para um lado da cama de palha, antes de...

A menina mais fria de Coldtown: os vampiros de Holly Black

0
A Menina Mais Fria de Coldtown, da escritora Holly Black: uma história sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio. Faz algum tempo,...

A formação do leitor

5
A formação de cada leitor começa pelo gosto ou opção de outra pessoa, no geral, de seus pais. Há exceções para tudo, é claro;...

6 Psicopatas ‘para chamar de meu’

1
É uma lista incompleta, sujeita aos meus lapsos de memórias. Há muito mais psicopatas habitando a paisagem da ficção merecendo posições de honra no...

O clube dos escritores que não aceitam críticas

5
Sobre o que os leitores têm a ensinar aos escritores. Um rapaz entra em um mercado para encontrar uma garota pela qual ele saiu de...

Perdido em Marte: um astronauta tentando voltar para casa

0
Marte é a próxima fronteira humana, por isso é um fetiche da ficção científica e tem figurado frequentemente na arte. Andy Weir é o...

Diana Wynne Jones, mestra (esquecida) da Fantasia

0
Precursora da nova leva de autores de fantasia infanto-juvenis, Diana Wynne foi pioneira do gênero século passado, além de aluna de Tolkien e C. S....

7 contos para ler em 30 segundos

0
O CONTADOR DE HISTÓRIAS QUE NÃO SABIA CONTAR E aí... E aí... E aí...   A MENINA DA BICICLETA COR DE ROSA Exorcizei-a a punhetas.   TECNOLOGIA Agora toda bundinha trás...