Davi Queiroz Machado

4 POSTS 0 COMENTÁRIOS
Poetaescritorcineasta, tudo junto mesmo. Morando em Fortaleza- CE. Formado no Curso de Realização em audiovisual da Vila das Artes; cursando Filosofia(Bacharelado) na Universidade Estadual do Ceará. Teve o poema “O Real-Fantástico” premiado no I Concurso Cultural PRAE/UECE. Diretor do curta-metragem “Breviário da Decomposição”, premiado como Melhor Filme (curta) e Melhor Fotografia no CINEMAMUNDO – V Festival Internacional de Cinema de Itu, Mostra Competitiva Iberoamericana de Curtas-metragens. Diretor do filme em curta-metragem “Forças Terríveis” (ainda em processo de montagem). Participou de várias produções audiovisuais. Atualmente colaborando com a revista eletrônica ‘obvious’, principalmente com artigos sobre cinema. No entanto (havendo ‘destino’ ou não) nasceu para escrever.

Neil Young não sumirá

0
Nesta época em que biografias são quase que malditas, se já não se tornaram de fato, trago aqui uma que acabo de ler. Neil...

Saramago, navegando o vasto mar da Ficção Científica

0
Claro que ficções científicas já estão definidas no inconsciente ou consciente coletivo como histórias com intricadas passagens descritivas de tecnologias super-avançadas, geralmente com alienígenas...

Roberto Piva: desvirginando os olhos castos

0
O poeta Roberto Piva é uma magia sendo invocada diante de nossos olhos, e o ritual é poético-érotico para desvirginar os olhos ainda castos.

Manoel de Barros ou O Paraíso é no Chão

0
O poeta Manoel de Barros nos propõe um Paraíso no Chão, e quem não gostaria de deitar e rolar caso isto seja verdade?