Giseli Corrêa

32 POSTS 0 COMENTÁRIOS
É a louca! Vive entre Aramis e Peter Pan, tentando decidir qual dos personagens mais lhe cativa... Apaixonada por literatura, é autora de “Descobrindo Aríete – Um Transe Arriscado” e está aqui para fazer o que mais adora: Escrever!

Odiava despedidas – Giseli Corrêa

2
Odiava despedidas. E na verdade tinha aquela consciência um pouco estúpida de que todo mundo pensa da mesma maneira, mas continuava a odiar despedidas. Aprendeu...

Existe poesia… – Giseli Corrêa

6
Existe poesia na chuva caindo, na luz do poste que ilumina suas gotas. Existe poesia na lágrima que desce lentamente, poesia nos olhos que as...

Uma vida em perguntas – Gisele Corrêa

2
Já chegou? Mãe, já chegou? Estamos chegando? Quanto tempo falta para chegar? Posso is à rua? Andar de bicicleta? Pular amarelinha na frente de casa? Compra...

Todo mundo sabe tudo – Giseli Corrêa

0
Não, não adianta reclamar, espernear e culpar os outros. Olhar ao lado e dizer que deu errado? Bem acontece, mas o que você vi...

Viagem… – Gisele Corrêa

0
Se encheu de prozac como se pudesse aplacar a bulimia que ela nem sabia se realmente existia. Sua mão tinha as faces pintadas de rosa,...

Manifesto contra o aborto de novos leitores – Gisele Corrêa

1
Este não é um espaço para falar de política, portanto, não leve para o lado partidário, não faça relação a este ou aquele governo,...

Crônica: Mais uma história de amor – Gisele Corrêa

4
Fazia muito tempo que o choro não lhe incomodava, não se fazia presente, mas naquele dia, depois de uma taça de vinho e a...

A Filha do Senador 030 – Final – Gisele Corrêa

0
Desci perto da hora do almoço, mas ele já tinha saído e minha mãe andava pela casa a procura das chaves do carro. - Cléo, você...

A Filha do Senador 029 – Gisele Corrêa

0
Acordei com o barulho da campainha. Ainda eram 8h e eu não esperava ver ninguém àquela hora. A Marta e o Horácio saíram para as...

A Filha do Senador 028 – Gisele Corrêa

0
Dormi bem, mas tive sonhos esquisitos. A Elaine dançava com o Ricardo na nossa sala e meu pai aplaudia. Acordei no momento em que minha...