Início Autores Posts por Mario Filipe Cavalcanti

Mario Filipe Cavalcanti

31 POSTS 4 COMENTÁRIOS
Editor-chefe do Homo Literatus, é recifense de nascimento, paulistano de contemporaneidade, Bacharel em Direito pela UFPE e advogado em Propriedade Intelectual e Privacidade, escritor com ênfase em contos, Prêmio Pernambuco de Literatura. Mestrando em Ciências da Comunicação pela USP, algumas coisas mais e, sobretudo, absolutamente nada.

Um mundo a despeito dos homens

0
Há um mundo sem os homens? Ou ainda mais: há humanidade no mundo dos homens? Sobre o livro de Frank Neres: Mundo sem fim Quando Nietzsche escreveu as primeiras linhas daquele que viria a ser um...

HITLER REPUBLICADO: cinco pequenas razões para concordar, uma grande para não

10
O que o mundo deve pensar sobre a reedição de Mein Kampf, de Adolf Hitler 2016 já vai começar com uma notícia daquelas, que há muito vem dividindo a opinião do público leitor no mundo: a...

Um tal de “B.” e o seu contrário, de Bruno Liberal

0
Em O contrário de B., Bruno Liberal desenvolve contos que são verdadeiros socos no crânio Já dizia o Kafka que um livro deve ser "como um soco no crânio" para que valha a pena ser lido;...

Caso Henry Chináski fosse pego no bafômetro

0
Henry Chináski, bebida, leis e o mundo contemporâneo num só texto “As pessoas. As pessoas. E os cães” (Cartas p.16)  é a célebre frase que resume bem toda a vida do Henry Chináski: um carteiro fudido...

Clarice Lispector e o enigma da esfinge

0
De manhã na cozinha sobre a mesa vejo o ovo (p. 51). Assim começa um dos mais emblemáticos contos escritos na face da Terra e é assim mesmo que começa o meu início de...

‘O décimo inferno’ do escritor argentino Mempo Giardinelli

0
Amor, traição, inferno dantesco e sanguinolência, ao estilo Bonnie e Clyde, permeiam a obra O décimo inferno, do escritor argentino Mempo Giardinelli Se Dante, um dia, com sua enorme ironia e inventividade, desenhou um inferno inteiro em...

Conto: Miss Hollyday

0
  Eu tinha dado uma risada angustiada e foi isso que me denunciou. Sempre havia sido conhecido pelo fato de não me importar com as coisas e então eu ri daquele jeito afetado e entredentes...

Gogol, Akutagawa, João do Rio, Luís F. Veríssimo e o espetáculo tragi-cômico dos narizes

3
Quando um russo, um japonês e dois brasileiros falam sobre os seus e os nossos narizes, as suas e as nossas máscaras Milan Kundera, em A cortina, quando lembra das primeiras narrativas estruturadas de uma...

Especial sci-fi: “Eu, robô”, de Isaac Asimov

2
Seis razões que tornam o livro de Isaac Asimov muito mais interessante do que o filme da Fox Quando nasci, há vinte e três anos, morria Isaac Asimov (1920-1992) em Nova Iorque. Foi simplesmente um...

Relatos selvagens: Damián Szifron, Max Aub e Thomas Hobbes unidos pela barbárie

0
Uma das maiores bilheterias argentinas, produzido pela El deseo dos irmãos Almodóvar, Relatos selvagens de Damián Szifron é um filme que se assemelha aos “Crimes exemplares” de Max Aub e que endossa a natureza lupina...