A renúncia do autógrafo

Existem manias e peculiaridades que só cabem ao universo dos leitores amantes de livros de papel. Talvez a mais polêmica e esquisita seja o...

Intervalo: O desodorante – Cláudia de Villar

Estar com a esposa era tudo que Dagoberto queria. Os finais de semana eram esperados com um toque de nostalgia. Imagina então ficar sete...

Acho Clarice uma chata

Com o devido respeito, Clarice Lispector não está no meu panteão “Não gosto da Clarice , acho ela uma chata”. Eu tinha ido a um...

A filosofia da alcova de uma mulher livre

Pode soar estranho: lembrei do João Ubaldo Ribeiro no Dia Internacional da Mulher. Mas tenho uma justificativa plausível. Não foi dele propriamente dito, mas...

As algemas que escritores usam

A premissa de começar o texto com um questionamento faz parte de uma nova escola literária. A escola eu-tenho-a-resposta-dessa-pergunta-cabulosa-me-leia-por-favor. Não basta exigir atenção do...

O aprendizado que vem com a (re)leitura

As novas reações que vem com a (re)leitura Por que costumamos dar mais ênfase à primeira leitura e esquecemos que a releitura de um romance,...

Quem enfrenta quem na nova história de Elena Ferrante

A tetralogia da incógnita Elena Ferrante aborda conflitos geográficos, culturais e principalmente pessoais Houve um tempo na minha vida, em 2004, ao qual eu me...

Captadores de silêncios – De Sergio Leone a Marçal Aquino

    Fotografia é algo muito subjetivo, que capta silêncios. Basta ler A câmara clara, de Roland Barthes, para se dar conta disso. Essa subjetividade está...