Murilo Rubião e as metamorfoses do coelhinho Teleco

Teleco, o coelhinho é um conto de Murilo Rubião, publicado pela primeira vez em 1965, no livro Os Dragões e Outros Contos. O conto tem como base...

Resenha: Cinzas do Norte – Milton Hatoum

Após a leitura de Cinzas do Norte, deparo-me com a difícil tarefa de falar sobre este livro. O problema é escolher o que dizer,...

As Cidades Invisíveis de Italo Calvino: um império de imagens

Através de descrições fantasiosas, Marco Polo conta a Kublai Khan sobre as suas incríveis jornadas. Mas a verdadeira viagem proposta por Italo Calvino é...

Resenha: Quincas Borba – Machado de Assis

Antes de qualquer coisa, digo que ler Machado de Assis é incrível quando se faz isto por prazer. Dá uma pontinha de orgulho de...

Resenha: Relato de um certo Oriente – Milton Hatoum

Comecei a ler Milton Hatoum com um pé atrás, coisa corriqueira em nós leitores brasileiros, tão desconfiados daquilo que é nosso, nossa literatura; e...

‘Sono’ ou a estranheza kafkaniana de Murakami

Conhecido por seus romances estranhos, por vezes surreais, Murakami se aproxima do pessimismo kafkaniano em Sono Qualquer fã de Murakami está preparado (ou assim imagina) para começar...

Resenha: Caim – José Saramago

Por demais, aqui estou a falar de mais um livro de José Saramago; nosso, único, solitário, prêmio Nobel entre os escritores de língua portuguesa....

Wesley Peres resenha seu conto predileto: ‘A menor mulher do mundo’,...

A menor mulher do mundo, lido com certa pressa, parece ser somente um conto sobre a descoberta na África, por um explorador, da menor...

O Morro dos Ventos Uivantes e a flexibilidade moral

Wuthering Heights, ou como foi traduzido no Brasil, O morro dos Ventos Uivantes, é o único romance escrito por Emily Brontë. Com uma prosa...

Henrique Rodrigues resenha seu conto predileto: ‘Pierre Menard, autor do Quixote’,...

Pierre Menard, autor do Quixote é um dos contos presentes no livro Ficções, de 1944. Trata-se de um texto, a meu ver, extremamente humorístico...