Conto: O Final da Criação – O Sorvete – William Glück

0
419

De súbito o representante chefe do FMU se levantou, jogou uma pilha de papéis brancos no chão e disse em alto e bom som: “Protesto!!!”

Ele não pôde terminar sua frase porque uma sineta mais aguda que o grito de uma criança que caiu um tombo em Titã (lua de Saturno famosa por causar os piores ralamentos de joelho de toda Via Láctea) tocou, causando alvoroço em todos… Era hora do sorvete.

A espécie humana acredita que  o sorvete é mais uma de suas criações, não sabe ela que o precioso alimento tem origem nas geladeiras mais antigas do Universo, na galáxia UDFj-39546284, aonde um vazamento de néctar de sequoia misturado com neve primordial gerou o primeiro sorvete da história. Não era algo muito agradável afinal todos sabem que sequoias  não estão entre as plantas mais apetitosas, mas foi um primeiro passo para um caminho cheio de gorduras e delícias: a história do sorvete.

Desde sua criação o sorvete se tornou o alimento mais festivo e apreciado em todo o Universo. Como homenagem a tamanho sucesso, os planetas com calotas polares feitas de sorvete se tornaram comuns nas fronteiras orientais do Universo. Aqui pro nosso lado os deuses foram mais conservadores e evitaram tais exageros nos gastos.

As horas seguintes foram seguidas de seguidas remessas de sorvete dos mais variados sabores. A “hora do sorvete” foi um costume que veio ninguém sabe exatamente de onde  (existem mil explicações), mas  é um costume Universo afora mais preciso que o chá inglês .

Após o fim  da pausa todos se reuniram novamente, e o representante do FMU continuou sua fala…

Continua…