Feiras Literárias, o movimento dos leitores

0
540

[Foto de capa: Site oficial da Feira do Livro de Porto Alegre]

Essa época do ano, junto com a primavera, vem também as feiras literárias. Muitos municípios se unem em prol do incentivo a leitura, com obras a preços bem abaixo dos tradicionais encontrados nas lojas e livrarias.

Aqui em Porto Alegre todos esperam ansiosos pela tradicional Feira do Livro. Esse ano, na edição de número 54. Ou seja, há 54 anos que pessoas acreditam na leitura e na formação de novos leitores.

Outros municípios, em proporções menores também aderiram a ideia. Na semana da criança, a cidade de Alvorada realizou uma feira do livro da praça central da cidade. O evento contou com peças de teatro, sessões de autógrafos e circuitos infantis, nos quais as crianças eram convidadas a ouvir histórias e depois criar a sua própria história. Também aconteceram “horas do conto” em diferentes horários durante a realização da feira.

Outra cidade que também aproveitou o gancho das crianças, foi Gravataí. Nos mesmos moldes da feira da cidade de Alvorada, Gravataí realizou sua feira e intensificou suas atividades no sábado 12, com brincadeiras, camas elásticas e mais atrações que cativaram as crianças e levaram a família pra feira, pertinho dos livros.

São bárbaras essas ideias que mesclam obras-famílias-crianças. É um ciclo no qual só existe benefícios. Que se propaguem mais e mais. Que haja mais e mais feiras e eventos literários e que a mídia dê espaço e publique suas datas.

Bom fim de semana!