A literatura infantil e os animais de Sinara Foss

0
750
sinara-foss-leitores
Sinara Foss e seus leitores na Feira do Livro de Osório/RS

A Literatura, além de entreter e divertir, também pode (e deve) provocar o leitor a fim de que ele possa estar inserido na obra, agindo não apenas como um leitor passivo, que apenas absorve, mas como um leitor que se envolve no contexto da criação literária, que se sinta provocado e, dessa forma, possa pensar acerca de diversas questões sociais as quais enfrentamos diariamente.

E, seguindo essa linha mais social e provocativa da literatura, encontramos a escritora Sinara Foss. Gaúcha, nascida em Santo Antônio da Patrulha, abraçou a causa animal e escreveu vários livros que tiveram como tema o respeito e o amor aos animais.

Sinara, embora tenha pensado em cursar Veterinária, começou aos 17 anos o curso de Tradutor e Intérprete – Inglês e Alemão, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC) e publicou poesias todos os anos na Antologia de Poesias Patrulhenses, mas desejava escrever prosa. Em 1996, publicou a primeira edição do romance infantojuvenil, “Memórias de um cachorro velho”. Embora tenha lecionado Inglês e Literatura Inglesa e Americana na Faculdade de Ciências e Letras de Osório/RS, a escritora desligou-se profissionalmente da faculdade e abriu uma escola de idiomas em Santo Antônio da Patrulha, a English Place.

Ao ser questionada sobre o que a levou a ser escritora, Sinara disse:

Sempre li muito desde criança e admirava os escritores que inventavam aquelas histórias que tanto me entretinham. Foi esse desejo – de inventar histórias, de ser como eles – que me levou a ser escritora.

A escritora também comentou sobre a importância da Literatura:

A Literatura é imprescindível para a cultura de um país. Uma pena que aqui no Brasil as pessoas ainda leiam pouco. O amor pela literatura tem que ser semeado desde a infância, para que mais leitores surjam. A escola tem um papel fundamental nisso, já que a maioria dos pais não lê. É uma realidade que está mudando, mas precisa mudar mais.

E, tocando no assunto animais, Sinara afirma:

O amor pelos animais surgiu comigo, nasceu junto comigo.

livros_sinara_foss
Livros de Sinara Foss

Neste momento da conversa, a escritora falou sobre a união entre a Literatura e a causa animal:

Pra mim é algo fácil, porque eu convivo com essa turminha linda que são os meus gatos e cães, vejo e percebo suas reações a tudo. Vejo suas emoções através de seus olhos. Mesmo fora dos livros, diariamente eu invento diálogos entre eles e conosco, e eles assim interagem ainda mais com a nossa vida. Todos conversam sobre todos os assuntos, aqui. Colocá-los nos meus livros foi algo natural.

Ao falar sobre a sua outra profissão, professora, indaguei Sinara sobre o papel do professor na formação da criança e ela respondeu:

Eu sou professora de inglês, meu trabalho é ensiná-los a se comunicar em outra língua. Mas nos níveis Intermediários eu já faço atividades de criação de textos em conjunto e sempre acabamos dando boas risadas. Acredito que o papel do professor (que trabalha em escolas) é fundamental para a apreciação da literatura.

Por fim, Sinara Foss falou-me sobre o futuro da Literatura no país e o que significava para ela ser escritora:

Eu acho que a literatura vai mudar em sua forma, mas nunca vai deixar de existir. A Literatura, inventar, ouvir histórias é inerente à humanidade. Vejo minha filha pequena, a Teodora, sempre lendo, e fica doente quando termina um livro e ela não tem outro ainda em mãos para começar. Esse é um sinal que a Literatura tem um grande futuro. Sobre o outro tema, até hoje eu ainda digo que quero ser escritora. Mas o que é ser escritora? Escritor, aquele que escreve, ou escritor, aquele que é lido, que tem uma editora por trás, aquele cujos livros estão nas livrarias de todo o país? Se ser escritora é a segunda resposta, eu não sou escritora e portanto não sei o que é. Se é a primeira opção, (se escritores todos somos: quem hoje em dia não tem um blog, uma página aonde expressa suas emoções?) eu posso dizer que ser escritora é levar a magia, é fazer os leitores vivenciarem outras situações, fazê-los viajar mesmo que seja nas páginas de um livro.

E o que os leitores de Sinara Foss podem esperar para 2014?

No momento estou escrevendo o Entardecer de Sissi, o último livro da coleção Em Busca de Um Mundo Melhor, iniciado com o Divagações de Sissi. Também estou terminando de escrever e revisar o Memórias da Loucura, uma novela sobre estranhos crimes que acontecem com pessoas que maltratam os animais ocorridos na minha pequena cidade fictícia de Vinha D’Alho.

Sinara Foss também pode ser encontrada em seu site e Facebook.