Poesias Pensadas: O vazio – Cláudia de Villar

2
269

Bom dia, queridos leitores de Poesias Pensadas. Num momento como este que estamos passando não tem como não desviar a atenção do que chega à nossa vida assim tão forte e impactante. Como não sofrer junto com a dor das famílias que perderam seus filhos em Santa Maria/RS? Como não pensar: “E se fosse comigo?” Pois é, então, como o propósito desta minha coluna de poesias é o desenvolver do pensamento, colocando no papel, em forma de versos, a vida como é sentida e vivida, a realidade do diário e de todos nós, eu trouxe para vocês hoje, algumas palavras sentidas. Trouxe uma Poesia Pensada por mim sobre o vazio da perda sem volta.

O vazio
O vazio da dor
O vazio da falta
O vazio do cheiro
O vazio sem o amor

Um vazio sem volta
Um vazio sem retorno
Um vazio sem escolta
Um vazio torto

Um vazio sem querer ser vazio
Um vazio sem anestesia
Um vazio mergulhado na agonia

Um vazio que apunhala pelas costas
Um vazio que não encontra respostas

Um vazio sem jeito
Um vazio causado
Pela falta de respeito

Um vazio…

Bem no meio da madrugada
Um vazio que amarga

Um vazio…

Um vazio sem reparação
Um vazio em comunhão
Um vazio multiplicado
Um vazio amargurado

No meio da madrugada
Veio o vazio
Simplesmente…
Ele veio vazio.

Estarei esperando por vocês no nosso próximo encontro de Poesias Pensadas.
Tenham todos um abençoado final de semana.
Poesia e Pensamentos a todos.