Precisamos falar sobre o Homem-Aranha

0
924

Uma lista com três personagens que, com ou sem chances de aparecer nos cinemas, merecem pelo menos que você confira suas histórias

Wikia-Visualization-MainTerra, 2015. Até o momento, cinco filmes Hollywoodianos estrelando o Homem-Aranha homem, branco e heterossexual da Marvel e contando. E parece que querem ainda mais.

É uma verdade de conhecimento relativamente universal que super-heróis não existem em uma só versão. Seja por terem deixado um legado — como Steve Rogers, que já foi substituído por, entre outros, Bucky Barnes e Sam Wilson — ou por simplesmente existirem de outras formas em universos alternativos, o fato é que temos pelo menos duas versões de personagens conhecidas mesmo por quem não acompanha os quadrinhos, como Superman, Wolverine, Mulher-Maravilha e Homem-Aranha. Homem-Aranha, muitas vezes também conhecido como Peter Parker, que já recebeu cinco filmes até agora e está prestes a receber mais um, em uma nova versão. Isso deixa a dúvida: precisamos de mais um Peter Parker?

Embora talvez nunca se chegue a um acordo sobre um assunto, tudo indica que não, não precisamos. Ainda mais em tempos de Vingadores do Marvel Cinematic Universe, uma equipe na qual a grande maioria dos integrantes são homens e brancos. O Homem-Aranha é uma das personagens mais variadas da Marvel, uma das personagens com mais versões espalhadas pelas várias realidades e, com o recente evento Spider-Verse, isso está mais evidente do que nunca. A proposta deste artigo é apresentar ao leitor uma pequena lista de três personagens alternativas a Peter Parker, Homens ou Mulheres-Aranha que adicionariam alguma coisa ao MCU. São personagens que, com ou sem chances de aparecer nos cinemas, merecem pelo menos que você confira suas histórias.

***

Gwen Stacy

Graças aos últimos dois filmes do Aranha, Gwen, interpretada pela excelente Emma Stone, ainda está bem fresca na memória do público. O “par romântico” de Peter Parker foi criado por Stan Lee e Steve Ditko em 1965, mas foi recentemente, nas mãos de Jason Latour e Robbi Rodriguez, que uma nova Gwen Stacy foi apresentada: a Mulher-Aranha — ou “Spider-Gwen”, provavelmente o melhor trocadilho da história dos quadrinhos. Nessa versão, Peter Parker morreu e Gwen ganhou os poderes, tornando-se então uma super-heroína. A personagem fez tanto sucesso que, em vez de uma participação rápida em Spider-Verse, ela ganhou sua própria série. Spider-Gwen estreou recentemente, após suas pré-vendas atingirem os seis dígitos.

Onde ler: Lista de aparições de Gwen Stacy nas edições brasileiras. Sua série mais recente ainda não foi publicada no Brasil, mas pode ser encontrada em inglês no Comixology.

Jessica Drew

Jessica é a Mulher-Aranha por excelência do universo principal da Marvel, o 616. Teve sua origem nos anos 70, criada por Archie Goodwin, Sal Buscema e Jim Mooney. Ao contrário de sua versão masculina, Jessica nasceu com os poderes, resultado da exposição de sua mãe a experimentos com os efeitos do DNA aracnídeo em seres humanos. Já adulta, Jessica foi recrutada pela HIDRA sem saber que era uma organização maligna, e só depois foi de fato para o lado dos mocinhos. Com a confirmação de um filme para a Capitã Marvel, melhor amiga de Jessica nos quadrinhos, colocá-la nos cinemas talvez fizesse mais sentido do que qualquer outra adição.

Onde ler: Lista de aparições de Jessica Drew nas edições brasileiras. Sua série mais recente ainda não foi publicada no Brasil, mas pode ser encontrada em inglês no Comixology.

Miles Morales

Andrew-Garfield-Wants-Amazing-Spider-Man-to-Pass-Torch-to-Miles-MoralesMiles é provavelmente a alternativa mais popular entre aqueles que se preocupam em ter alguma alternativa — e também a mais provável. Criado em 2011 por Brian Bendis e Sara Pichelli, Miles é o substituto do Peter Parker da linha Ultimate, a realidade alternativa mais explorada da Marvel. Inicialmente encarado com relutância, o adolescente logo conquistou os leitores e é hoje um dos favoritos dentre o legado do aracnídeo. Sua origem é parecida com a de Peter: mordido por uma aranha radioativa. Porém, além de lidar com os próprios poderes, Miles acaba tendo de aprender a lidar com o conceito de legado e como substituir um herói tão querido quando sua morte está tão fresca na memória da população.

Onde ler: Lista de aparições de Miles Morales nas edições brasileiras. Sua série mais recente ainda não foi publicada no Brasil, mas pode ser encontrada em inglês no Comixology.

***

É claro que essa lista está longe de ser completa. Muitas outras personagens fazem parte do universo do Aranha, e ainda mais outras se sairiam bem melhor do que as três apresentadas. Gwen, Jessica e Miles são apenas três das milhares de possibilidades. Três personagens que vale a pena conhecer, se já não conhece. O mundo deve ser lembrado de que nem só de Peter Parker vive o ser humano, mas também de todo o legado que ele deixou.