Sexta-feira 13: O Jason literário

0
1821

Muitos conhecem os filmes da franquia Sexta-feira 13 e Jason Voorhees, mas o que poucos sabem é que a metade desses filmes foram adaptados para os livros

Sexta-Feira-13-a-gambiarra-2

Doze filmes, uma série de TV, milhares de produtos e boatos de ainda mais frutos em produção. A franquia de terror slasher Sexta-feira 13 é, sem dúvidas, uma das mais conhecidas e queridas do gênero, competindo em popularidade apenas com gigantes como Halloween, A hora do pesadelo e O massacre da serra elétrica. O primeiro filme, Sexta-feira 13 (1980), foi criado pelo diretor Sean Cunningham como uma tentativa de recriar o sucesso de Halloween (1978), mas fez tanto sucesso que a produtora Paramount Pictures acabou comprando todos os direitos e produziu a primeira leva de sequências. Hoje em dia, todos sabem quem é Jason Voorhees, o assassino imortalizado pela máscara de hóquei que rouba de uma de suas vítimas em Sexta-feira 13, parte 3. Muitos sabem que os filmes são praticamente infinitos, e ninguém ficaria surpreso ao ouvir falar de adaptações em quadrinhos ou de uma série de TV no fim dos anos 80, mas poucos sabem de como a franquia rendeu na literatura.

Dos 12 filmes da franquia, metade foi adaptada como livros: as partes 1, 2 (1981) e 3 (1982), Jason vive (1986), Jason X (2001) e Freddy vs. Jason (2003), sendo que Sexta-feira 13, parte 3 começou a moda e ganhou dois livros só para si. O autor Michael Avallone, que então já tinha no currículo as adaptações dos filmes De volta ao Planeta dos Macacos (1970) e Tratamento de choque (1981), foi o primeiro a publicar, em 1982, a adaptação que daria início à série de livros, Friday the 13th, Part 3-D. Essa versão da história mostra uma escolha curiosa do autor, que utilizou um final diferente do mostrado no filme — no caso, um final que havia sido filmado para a versão cinematográfica, mas descartado antes da exibição. O próximo livro da série, Friday the 13th Part VII: Jason Lives, só seria publicado em 1986, por Simon Hawke, autor que seguiria na série e, em 1987 e 1988 adaptaria os três primeiros filmes.

Em 1994, seis anos depois da segunda adaptação da parte 3, quatro livros young adult foram publicados na série Camp Crystal Lake, mostrando, em cada um, pessoas diferentes que encontravam a máscara de Jason e eram possuídas pelo espírito do serial killer. Esses quatro livros foram todos escritos por Eric Morse e têm como títulos Mother’s Day, Jason’s Curse, The Carnival e Road Trip.

As últimas adaptações vieram com a publicação de Freddy vs. Jason Jason X, lançados em 2003 e 2005 e escritos por Stephen Hand e Pat Cadigan, respectivamente, pela editora Black Flame, que aproveitou e engatou ainda duas séries baseadas na franquia: a primeira, que seguiu o universo futurista de Jason X e criou quatro sequências para o livro contou com os autores Pat Cadigan, Nancy Kilpatrick e Alex Johnson; a segunda, intitulada apenas Friday the 13th, não tinha conexão alguma com qualquer uma das adaptações, com a exceção do próprio Jason, que aqui foi trabalhado diferentemente por cada um dos cinco autores que passaram pela série — em Church of the Divine Psycopath, por exemplo, Jason é ressuscitado por um culto religioso, em Hell Lake ele é persuadido por um outro serial killer morto a ajudá-lo a voltar para o mundo real, e por aí vai.

Qualquer um que seja fã da franquia e goste de ler — e, acredito, não somos poucos — se interessaria pela maioria desses títulos, que são bastante variados e parecem agradar todos os gostos. É uma pena que nunca tenham sido lançados no Brasil, e uma pena ainda maior que seja tão difícil e caro para importá-los — uma cópia usada de Friday the 13th está saindo por 91 dólares na Amazon americana, enquanto uma nova sai pela bagatela de 500 dólares, alguém se habilita? Tendo em vista os trinta e cinco anos da série cinematográfica e o lançamento bem-sucedido do livro de David Grove pela DarkSide Books, já passou da hora de darmos mais atenção aos livros dessa série tão aclamada.

Aos interessados, trechos de alguns dos livros aqui mencionados e sinopses mais detalhadas para todos eles podem ser encontrados no site CampBlood.net (em inglês).