Início Tags Poesia

Tag: poesia

Para ler mais poesia

0
O porquê nós devemos ler mais poesia hoje e sempre Quantos livros de poesia você leu este ano? Você tem o hábito de ler poesia? Qual o seu poema preferido? Eu sei, essas perguntas são...

As Confissões de um Poeta Marginal de Douglas Zunino

0
Toda uma humanidade é revelada pelas confissões do poeta Todos têm uma história própria. Uma história de vida. E qualquer um que tenha vivido muito e as mais diversas coisas têm muito o que contar....

O caminho lírico de Priscila Merizzio em ‘Ardiduras’

0
Um ciclone de sentimentos e embaralhamento lírico como o jazz: isso é o que compõe Ardiduras A poesia arde, ora consola, ora é inconfortável, versos soam como belas melodias ou ruídos que incomodam. Poesia não tem...

Poesia e poema são sinônimos? Não para Octavio Paz

0
Frequentemente, poesia e poema são tratados como termos sinônimos. No entanto, segundo Octavio Paz, em O arco e a lira, a poesia pode estar em tudo, mas o poema não pode Em sua obra-prima O...

Almas de Porcelana e um coração angolano que canta a sua pátria

0
A forte poesia de porcelana de Gociante Patissa chega ao Brasil quando não se tem direito a ter medo do relento só deus pode ser pai Gociante Patissa é um poeta experimentado. Depois de oito livros lançados em...

Ferreira Gullar e o poeta que enxerga o passado através da poesia

0
Numa autobiografia poética e num célebre ensaio sobre Augusto dos Anjos, o poeta maranhense comprova-se o maior em atividade no Brasil Duas obras recentes trazem a proscênio o poeta Ferreira Gullar, sob a égide de...

Wysława Szymborska e as estrelas

1
A tristeza é cômica nas mãos de Wyslawa Szymborska Esta senhora de nome difícil (pronuncia-se algo como Vissuava Chembórska) é ganhadora do Nobel de Literatura de 1996. No entanto, em terras brasileiras, é um tanto...

O sagrado e as placas de carros

2
Desde menino eu brincava com meus pais de formar palavras com as letras da placa do carro da frente Estava com pressa! Peguei a pista esquerda da esquerda, quis passar. Na verdade, estava atrasado. Deveria chegar...

A poesia da Máquina de inventar instantes, de Cícero Almeida

0
Máquina de Inventar Instantes e mexer com sentidos pela poesia No seu romance A Brincadeira Favorita, que recentemente foi editado no Brasil, o poeta e músico Leonard Cohen sentencia: “O poema é uma coisa suja,...

Para ler Drummond a vida inteira (ou por que ler a Nova Reunião de...

0
Alguns bons motivos para ler a Nova Reunião de poesia de Drummond Há muitos poetas bons no século XX, alguns realmente bons e um grupo seleto de cinco ou seis que são a base da...