Você está preparado para um festival literário violento?

1
798

De 13 a 16 de agosto, o 2º Festival Literário de Extrema abordará a violência na literatura, tendo como grande homenageado deste ano o escritor Rubem Fonseca, com entrada franca

CAPAEm um momento delicado do mercado editorial brasileiro, vivendo o princípio da crise econômica, nada melhor do que acompanhar o crescimento de um festival de literatura que veio para ficar. O Festival Literário de Extrema revela uma expansão do projeto inicial, trazendo grandes escritores, temas relevantes sobre a contemporaneidade, atividades culturais e, agora, uma mostra de cinema, com a participação de seus respectivos realizadores.

Por falar em tema, prepare sua veia literária para uma experiência radical, já que nesta segunda edição o evento abordará a “Violência na literatura”. E, em circunstâncias como esta, nenhum outro escritor brasileiro poderia ser mais referenciado do que o próprio Rubem Fonseca, que comemora seu nonagésimo aniversário este ano, além do clássico “Feliz Ano Novo”, do mesmo autor, completar quarenta anos desde a sua primeira publicação.

VEJA AQUI: participação do Homo Literatus na primeira edição do Festival Literário de Extrema

O evento acontece entre os dias 13 e 16 de agosto, na charmosa cidade Extrema/MG (há pouco mais de 100km de São Paulo) e, importante dizer, a entrada é franca. Portanto, é uma oportunidade única de você participar deste grande festival literário e armar-se de boas discussões literárias, estando em contato com grandes nomes da literatura brasileira contemporânea, em um ambiente descontraído e produtivo.

O Homo Literatus estará, mais uma vez, fazendo a cobertura do evento e registrando todos os detalhes do FLEX 2015.

 ***

Programação completa do bate-papo entre os convidados deste ano:

Sexta – 14/08
11h às 12h30 –  “Homenagem a Rubem Fonseca”
Ariovaldo Vidal e Paula Parisot
Mediação: Cadão Volpato  

15h às 16h30 – “Violência: ameaça real e silenciosa”
Dr. Guido Palomba e Ilana Casoy
Mediação: Cadão Volpato 

Sábado – 15/08
11h às 12h30 – “Realidade e outras emoções”
Marcelino Freire e Edyr Augusto
Mediação: Cadão Volpato 

14h às 15:30h – “Literatura escrita com sangue”
Reinaldo Moraes e Raphael Montes
Mediação: Cadão Volpato

16h às 15:30h – “Cinema Adaptado”
Lourenço Mutarelli e Helvecio Ratton
Mediação: Cadão Volpato 

Domingo – 16/08
11h às 12h30 – “Televisão – Violência como combustível da Audiência”
Marcelo Rezende
Mediação: Cadão Volpato 

15h às 16:30h – “Preconceito e outras minorias”
Luiz Biojoni e Ana Paula Maia
Mediação: Cadão Volpato