A aventura retrofuturista brasileira de Enéias Tavares

0
86

A lição de anatomia do temível Dr. Louison é o primeiro livro de uma séria que recria personagens da literatura brasileira no estilo steampunk

Vencedor do concurso literário Fantasy, da editora Casa da Palavra/Leya, em 2014, Enéias Tavares apresenta em seu título de estreia A lição de anatomia do temível Dr. Louison uma história surpreendente e cheia de mistérios, na qual recria heróis e vilões da literatura brasileira em um cenário retrofuturista. O livro é o primeiro da série Brasiliana Steampunk, que coloca famosos personagens de autores como Aluízio Azevedo (O Cortiço), Raul Pompeia (O Ateneu) e Machado de Assis (O Alienista) em aventuras de um passado futurista com muitas máquinas estranhas e seres místicos.

O livro todo é narrado por meio de cartas, transcrições de gravações de entrevistas, depoimentos, escritos de diários e telegramas, dando voz aos diversos personagens da trama. A história se passa em Porto Alegre e começa com a captura do Dr. Antoine Louison, um médico renomado acusado de cometer uma série de assassinatos e expor os órgãos de suas vítimas em pinturas para a alta sociedade, ficando conhecido como o Estripador da Perdição. Em meio ao processo do assassino, chega à cidade o jornalista Isaías Caminha, que tem como objetivo descobrir toda verdade em torno do caso e produzir uma reportagem especial para o jornal O Crepúsculo. No entanto, logo ele percebe que os crimes são apenas a porta de entrada para um mundo cheio de mistérios.

eneiastavaresCada personagem apresentado torna a trama mais interessante, e o passado de cada um deles pode ser conhecido melhor com a leitura das obras das quais foram emprestados como, por exemplo: Simão Bacamarte, diretor do Asilo São Pedro para Criminosos e Histéricas Descontroladas, que tem sua história iniciada em O Alienista; ou Vitória Acauã, médium indígena e membro da sociedade secreta Parthenon Místico, que tem suas origens narradas em Contos Amazônicos, de Inglês de Souza; além do próprio Isaías Caminha, que surgiu primeiro na obra Recordações do escrivão Isaías Caminha, de Lima Barreto.

Dessa forma, A lição de anatomia do temível Dr. Louison é mais do que um livro com uma história fantástica, é uma obra intertextual, relacionando-se com diversos títulos da literatura brasileira de forma inteligente e cativante. Certamente, uma forma inovadora de atrair os jovens leitores para os autores consagrados da produção literária nacional. Há um grande projeto pedagógico que acompanha o livro, incluindo sugestões de atividades para serem feitas com estudantes do ensino médio em sala de aula e materiais complementares que podem ser obtidos na internet.

Além disso, o autor inclui na trama assuntos pertinentes aos problemas sociais já vividos na história do Brasil, como a escravidão, e outros que vivemos atualmente, fazendo com que seus heróis discutam sobre questões como justiça, preconceitos, desigualdade social, educação, violência, entre outros, apresentando diversos pontos de vista e contando suas aventuras em prol do bem.

“Estamos no início de um novo século repleto de portentos tecnológicos e inovações culturais. Todavia, um século menos afeito à beleza e à poesia.” (p. 133)

Enéias Tavares nos presenteia com uma obra muito bem-planejada e escrita com esmero. Uma história que prende o leitor a cada página com reflexões intrigantes, suspense, episódios de ódio, diversos amores e muita ação. Sem duvida, imperdível!