Resenha: Crônicas de Gelo e Fogo – A Guerra dos Tronos – George R. R. Martin

0
353

Um livro que ficará marcado, mas de uma forma diferente das que eu tenho ouvido falar pelas outras pessoas. Vamos a alguns pontos do livro.

A História

A Guerra dos Tronos, primeiro livro da série Crônicas de Gelo e Fogo, é narrada em várias histórias paralelas. Martin nos ofereceu um cenário interessante ao propor a narrativa com capítulos curtos, mas ante o ponto de vista de cada personagem.
Destaque para os lobos gigantes, encontrados logo no início do livro, ficando com um filhote cada filho de Eddard.A trama começa com a visita do rei Robert Baratheon à casa do Senhor de Winterfel, Lorde Eddard Stark patriarca da Casa Stark. A viagem do rei ao norte tem o objetivo de convidar o lorde para se tornar a Mão do Rei, um cargo de alta confiança, ele é a voz do rei quando ele não está presente. Eles eram amigos desde quando ainda jovem o senhor de Winterfel havia ajudado o rei a conquistar o reino e governar as sete grandes casa de Westeros. Lorde Stark aceitou o convite, pois a antiga Mão do rei Jon Arryn, Senhor do Ninho da Águia, foi dado como morto naturalmente, mas não era isso que a esposa Lysa Tully segredara por carta a Catelyn Stark, esposa de Eddard. Nesta trama principal ainda entram os filhos de Lorde Stark: Robb, Bran, Sansa, Arya, Nickon e Jon, o filho bastardo; Cersei Lannister, a Rainha, seus irmão: Jaime (Regicida) e Tyron (anão); Também o filho do rei, o príncipe Joffrey, herdeiro do trono.
Do outro lado do mar temos outra trama se desenrolando, que aos poucos vamos conhecendo a relação entre uma e outra. Na cidade de Pentos, Viserys Targaryen vive em exílio com sua irmã de treze anos, Daenerys. Ele seria o herdeiro do trono de Aerys II, mas este foi usurpado pelo rei atual. Viserys é orgulhoso e está disposto a fazer qualquer coisa para conseguir ter o trono de volta, como vender Daenerys em casamento para Khal Drogo, senhor de guerra dos guerreiros nômades dothraki, planejando usar o exército de Drogo para reconquistar o Trono de Ferro de Westeros.
Este é o ponto de partida da história.

A edição brasileira
Publicada pela editora Leya no Brasil, a edição brasileira do primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo foi bem questionada quanto à tradução. De cara chama atenção o título do livro, em Inglês Game Of Thrones, que foi traduzido como Guerra dos Tronos.
Quanto à capa, prefiro a da edição brasileira.
Algo que me chamou a atenção foi o peso do livro, muito leve, levando em conta que o calhamaço tem quase seiscentas páginas.

Personagens favoritos
Um dos grandes destaques do livro é a profundidade que o autor dá aos personagens, conseguir separar meus três favoritos:
Eddard Stark
, Senhor de Winterfel e patriarca da casa Stark (os lobos), logo no começo do livro se torna a Mão do Rei. Gosto da sua frieza e perseverança em busca a justiça, mesmo que isso lhe custe a vida.
Jon Snow, filho bastardo de Eddard Stark, ingressa na Patrulha da Noite. Os conflitos internos do rapaz são muito interessantes. Ele é um bastardo, não tem nenhum direito enquanto herdeiro, mas o considero o mais Stark dos filhos de Eddard.
Tyrion Lannister, o anão, irmão da rainha e filho de Lorde Tywin Lannister, senhor de Rochedo Casterly e patriarca da casa Lannister (os leões). O personagem mais irreverente da série, e com certeza o mais ousado, além das melhores falas. Só por ele já valeria a pena ler o livro.
Outros personagens que gostei: Robb Stark, Bran Stark, Arya Stark, Khal Drogo e Daenerys Targaryen.

Citações
É inegável a habilidade de George Martin em construi diálogos, ele já foi roteirista, o que me levou a pensar se desde o princípio o objetivo dele já não fosse que os livros virassem filmes.
Confira algumas citações, com os personagens que as falaram:

Eddard Stark:
“Um homem verdadeiro faz o que quer, não o que deve”.
“A guerra é mais fácil que as filhas”.
“O inverno está chegando”.

Rei Robert Baratheon:
“Matar coisas clareia minha mente”.

Rainha Cersei Lannister:
“No Jogo dos Tronos, ou você ganha, ou você morre, não há meio termo”.
“Todos que não forem nós são os inimigos”.

Viserys Targaryen:
“Se para conseguir meu reino de volta, eu tivesse que te vender para todos os homens do reino e seus cavalos, eu venderia”.

Tyrion Lannister:
“Nunca se esqueça de quem você é, porque é certo que o mundo não se lembrará. Faça disso sua força. Assim, não poderá ser nunca a sua fraqueza. Arme-se com esta lembrança, e ela nunca poderá ser usada para magoá-lo”.
“Meu irmão tem uma espada, eu tenho um cérebro”.
“Todos os anões são bastardos aos olhos do pai”.

Minha preferida:
“Uma mente necessita de livros da mesma forma que uma espada necessita de uma pedra de amolar se quisermos que se mantenha afiada”.

Conforme eu for lendo os próximos livros da série vou postando as resenha.


Warning: require(/home/homol519/public_html/wp-content/themes/Newspaper-child): failed to open stream: No such file or directory in /home/homol519/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1532

Warning: require(/home/homol519/public_html/wp-content/themes/Newspaper-child): failed to open stream: No such device in /home/homol519/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1532

Fatal error: require(): Failed opening required '/home/homol519/public_html/wp-content/themes/Newspaper-child/' (include_path='.:/opt/cpanel/ea-php72/root/usr/share/pear') in /home/homol519/public_html/wp-includes/comment-template.php on line 1532
Erro › WordPress

Há um erro crítico no seu site.

Aprenda mais sobre depuração no WordPress.