Tag: Ensaio

14 características do fascismo, segundo Umberto Eco

Umberto Eco descreveu catorze características marcantes do fascismo em O fascismo eterno que podem ajudar você a reconhecê-las Umberto Eco sabe o que fala ao comentar...

O Desdizer de Secchin e uma vida dedicada à arte da palavra

Do recente Desdizer e antes às primeiras publicações, o artigo analisa a produção poética de Antonio Carlos Secchin, dos recursos (meta)linguísticos às temáticas recorrentes...
Lima Barreto e o destino da literatura

A beleza e o destino da literatura para Lima Barreto

A função e o destino da literatura na interpretação de Lima Barreto, em análise da obra O Destino da Literatura. Obra que nasceu de uma...

Em defesa dos chatos!

  Há uma figura que, independentemente da época, é sempre rechaçada: o chato. Não sei bem o porquê, mas nutro uma simpatia pelos chatos e,...

O Romantismo ridicularizado em “Coração, cabeça e estômago”

Coração, cabeça e estômago é uma chance de reconciliação com parte da produção do Romantismo O Romantismo é um período literário conhecido por seus extremos....
Staël

Madame de Staël, a precursora da crítica comparatista

Análise das obras de Madame de Staël, autora europeia tida como precursora da crítica comparatista Apresentação da autora Anne-Louise Germaine Necker de Staël-Holstein (1766-1817), Madame de...

Memorial do convento, de José Saramago: a desconstrução teológica de Saramago e o fundamentalismo...

Um ensaio sobre Memorial do Convento, de José Saramago O autor refaz, sob uma crítica ao fanatismo religioso e ao absolutismo monárquico, a história da construção...

Quando vivi um trecho de um conto do Borges

“Os Outros o lerão como um conto” O Outro é um dos meus contos favoritos do Jorge Luís Borges. Nas linhas iniciais, o narrador diz:...

Por que ler Borges?

Borges escreveu suas obras a partir de leituras e memórias Jorge Luis Borges (1899 – 1986) é uma daquelas figuras obrigatórias em qualquer estante. Dono...

Arrastões na areia: a infância furtada das “crianças ladronas” através do olhar de Jorge...

É preciso pensar a infância hoje e sempre- uma reflexão a partir de obras de Jorge Amado e Graciliano Ramos “Crianças ladronas - As aventuras sinistras...