Um século de grandes livros e autores

0
78

O fotógrafo Daniel Mordzinski conta a história da literatura do último século por meio de fotografias de grandes autores

borges_jorge-luis
Jorge Luis Borges

O fotógrafo argentino Daniel Mordzinski ficou conhecido como o fotógrafo dos escritores. O título é válido. Em mais de 30 anos de ofício, retratou de maneira inusitada nomes de peso como Jorge Luis Borges, Julio Cortázar, José Saramago, Jorge Amado, Amós Oz, Jonathan Franzen, em uma espécie de cartografia da literatura contemporânea.

Os retratos capturam momentos inusitados e totalmente fora do universo literário criado pelos autores. Surpreende ver, por exemplo, Eric Hobsbawn sentado ao lado de um simpático cachorrinho, Paul Theroux em um balanço infantil  ou Orham Pamuk sorridente segurando uma maçã. O que pensavam o escritor e o fotógrafo neste momento?, pode questionar o leitor.

Por outro lado, o livro A literatura na lente, de Daniel Mordzinski, com textos de Adriana Lisboa e Víctor Andresco, também tem imagens que fazem referência clara à persona quase sempre atribuída a alguns autores. Borges é retratado de uma maneira obscura e enigmática; Jorge Amado está em uma feira livre, como que captando os cheiros e as cores de seus romances. Em um único retrato estão enfileirados Juan Gabriel Vásquez, Mario Vargas Llosa, Erri De Luca, David Grossman e Eduardo Sacheri – quantas histórias somam esse autores?

Mordzinski viaja no tempo com a ajuda da câmera, mas também leva o leitor/observador de suas imagens a lugares – França, Brasil, México, China – e evoca sentidos e sentimentos, às vezes, com crueza, outras, com lirismo e arte nas formas, luzes e cenários das fotografias. Por quê Ian McEwan se esconde atrás de um guarda-chuva vermelho? Carmen Camacho e Wendy Guerra se desnudam frente à câmera e Tatiana Salem Levy sai de uma máquina de lavar roupas. Salman Rushdie aparece em um elevador como se estivesse confinado – será uma alusão à situação recente do escritor, que ficou exilado no Ocidente por causa da fatwa (sentença islâmica)?

Em cada imagem, um enigma é retratado. Ao leitor, resta inventar uma nova história.

 

Para conhecer mais, clique aqui.

As imagens podem ser reproduzidas a partir do site de Daniel Mordzinski com os devidos créditos para o autor das fotos.

 

Referências

A literatura na lente de Daniel Mordzinski – Editora Sesi-SP