Bob Dylan por Caetano Galindo

Em entrevista ao Homo Literatus, Galindo falou sobre o trabalho de tradução de Letras – 1961 a 1974, de Bob Dylan, sobre o merecimento do Prêmio Nobel dado ao músico e sobre a tradução do romance incompleto de David Foster Wallace Falar sobre Bob Dylan, nos dias de hoje, é arriscar cair na mesmice de sempre. […]

Música é literatura?

A conquista do Nobel de literatura pelo cantor e compositor Bob Dylan levantou mais uma vez a questão: música é ou não é literatura? É possível até mesmo pensar que um dos motivos que levaram à escolha, além é claro da genialidade de Dylan, foi fazer essa provocação. A Academia começa a perceber que num […]

Afinal, quem merece um Nobel?

Depois da polêmica entorno do Nobel de Literatura que Bob Dylan ganhou, elencamos 5 autores que, embora merecessem, morreram sem a premiação  O título do artigo é controverso e pretensioso, contudo, depois das polêmicas que envolveram a entrega do Nobel de Literatura para Bob Dylan, fato que praticamente dividiu opiniões pelo mundo, sendo que de […]

Bob Dylan, Nobel de Literatura 2016 ou os tempos, eles estão mudando

Porque o compositor americano Bob Dylan mereceu o Nobel de Literatura em 2016 * Este texto foi escrito por um grande fã de Bob Dylan em um dia muito feliz. Por favor, perdoem qualquer exagero. Em 2015, pouco antes do anúncio do prêmio daquele ano, escrevi um texto sobre o assunto (para lê-lo, clique aqui). […]

Bob Dylan, Nobel de Literatura

Seria possível que o músico e compositor Bob Dylan ganhe o mais prestigiado prêmio literário do mundo? Há muitos anos, um grupo cada vez maior de acadêmicos tem feito pressão para que a Academia Sueca conceda o Nobel de Literatura a um dos mais famosos compositores americanos de todos os tempos: Bob Dylan. Críticos e […]

Bob Dylan, o Maldito Blues-Man Rompendo Sombras e Escuridões

“Quando ouvi Bob Dylan, pensei: Então ainda não chegamos ao fim da linha…” – Allen Ginsberg, Poeta Beatnik Robert Allen Zimmerman do Minnesota, oeste Americano, judeu peregrino que cantou suas marés altas e baixas, violão e gaita de boca, alma desterrada do Mississipi, poeta denuncista, humanitário, louco sonhador, chuva varrida pelo vento. As pedras rolarão. […]