Tag: Poesias Pensadas

Poesias Pensadas: Convicções

2
Muitas vezes temos certezas absolutas em nossas vidas que, com o passar do tempo, vão se perdendo na poeira da caminhada. As decepções e...

Poesias Pensadas: Partir – Cláudia de Villar

2
O que significa partir? Deixar de estar num lugar? Ir para outra cidade? Estado? País? Partir de si mesmo? Partir do outro? Partir é uma...

Poesias Pensadas: O vento

2
O vento... As folhas... A vida... O que o vento traz para nós? Qual é a importância do vento em nossas vidas? E as...

Poesias Pensadas: Desassossego

6
Desassossego... Quem de nós um dia que fosse em nossas vidas já não teve um dia de inquietação? Uma euforia misturada com melancolia? Por...

Poesias Pensadas: Morte – Cláudia de Villar

8
Morte Se eu tiver sorte, Driblarei A morte. Se tiver algum jeito, Dela escaparei Com Respeito. Mas, se minh’alma Quiser Salvação, Terei que partir Para, Pessoalmente, Pedir Perdão. Poesia e pensamentos a todos.

Poesias Pensadas: Caderno sem nome – Cláudia de Villar

0
Mais uma para finalizar: um mês de poesia pra garotada encantar! Caderno sem nome O caderninho de Guilherme Anda indignado. Vejam só! O lápis de Matheus, Se chama lápis Romeu! A...

Poesias Pensadas: Alfredo

6
Só mais uma poesia para a garotada dar risada da bicharada! Alfredo Alfredo é um elefante Que mora num circo Bem distante. Ele anda bem triste, Pois se apaixonou Por uma...

Poesias Pensadas: Chuvisco – Cláudia de Villar

4
Mais uma poesia infantil para a criançada rir e poetar! Chuvisco Chuvisco é o cavalo arisco De Seu Francisco. O sonho de Chuvisco É ser jogador de futebol como...

Poesias Pensadas: Mario Quintana na sala de aula – Cláudia de Villar

7
Olá, amigos! Hoje em Poesias Pensadas trago para vocês um relato de experiência! Como todos sabem, dia 30/07 comemoramos dia do poeta Mario Quintana....

Poesias Pensadas: Amor de Geladeira – Cláudia de Villar

1
Amor de geladeira Ele se foi... Antes que o sol se fosse também. Nem esperou o sol se despedir... Ele partiu... Olhei para tudo em volta e não senti...