O escândalo de ‘As flores do mal’

Há 160 anos, a primeira edição de As Flores do Mal, do escritor Charles Baudelaire, provocava escândalo Tradução da matéria publicada em Le Figaro OS ARQUIVOS DO FIGARO – Em 25 de junho de 1857, Charles Baudelaire publica uma coletânea de poemas, As Flores do Mal. Fonte de escândalo desde o seu lançamento, o livro suscita […]

O lado b da Literatura Francesa

  Quando falamos França e Literatura, alguns nomes são sempre lembrados (Flaubert, Rimbaud, Zola, Duras, Victor Hugo, Sartre, Camus, Maupassant, Balzac, Sthendal, Proust). No entanto, há uma gama infinita de autores e uma variedade gigantesca de texto produzida na França desde muito. Centro durante muitos séculos da cultura ocidental, a Literatura desse país abarca gêneros […]

Pequeno tratado da prosa poética

Neste ensaio: “Todo exercício poético, principalmente as vanguardas, não edificam o mundo. Retratam-no, mas não o constrói. A poesia não é divina, é humana. É o homem descrevendo, nunca criando, a invenção de Deus. O Verbo não poderia virar poesia porque a criação urgia dimensões, urgia ultrapassar as fronteiras do impessoal”. “No princípio era o […]

As Flores do Mal: provocação, degradação e beleza em Baudelaire

Baudelaire foi um dos maiores poetas do final do século 19, graças à sua genialidade com as palavras e sensibilidade poética. As Flores do Mal, livro publicado em 1857 por Charles Baudelaire, é considerado um marco na produção literária do fim do século 19. Com suas Flores do Mal, o poeta inventa uma linguagem na […]