Nara Vidal

Nara Vidal

Existe um problema insistente entre os leitores de Elena Ferrante: não é possível se cansar da sua narrativa quando diante do final de mais um livro Quando terminei de ler L’amore molesto (Troubling love, em inglês), encontrei, por acaso, um livro infantil da autora. Enquanto tomava um café terminei a leitura e, como se fosse […]

Em 2004, o autor publicou Complô contra a América, sobre uma eleição que virou o país de cabeça para baixo. Teria sido isso que aconteceu agora nos Estados Unidos? Em 2004, Philip Roth publicou Complô contra America. Os quatro personagens principais do livro, que se passa em junho de 1940 e outubro de 1942, são uma […]

As pinturas de Michelangelo da Caravaggio retratavam a vulgaridade dos comuns Era sexta-feira, dia de festa. Nenhuma celebração específica a não ser a de ser sexta-feira. Na Trafalguar Square eu me despedi da minha sobrinha que, com viagem de volta ao Brasil em dois dias, precisava se abastecer de chaveiros e ímãs da minha cidade […]

E a outra Fitzgerald? Fitzgerald. O nome é conhecido, celebrado, famoso. Mas e a outra Fitzegerald? Não, não me refiro à Zelda. Falo da Penelope. A autora inglesa que escreveu nove romances, inclusive o vencedor do Booker Prize Offshore e o formidável Blue Flower, que recebeu o reconhecimento de melhor livro pelo National Book Critics Choice […]

Talvez o segredo para a felicidade entre casais de artistas seja uma forma de arte pra cada um (ou sobre: Georgia O’Keefe e Alfred Stieglitz) Artistas… Esses seres especiais, privilegiados, sensíveis e insuportáveis. Pessoas de inteligência e intuição, talento e empenho que, vamos torcer, entendem a ironia dos textos. A convivência entre artistas não pode ser fácil. […]

A tetralogia da incógnita Elena Ferrante aborda conflitos geográficos, culturais e principalmente pessoais Houve um tempo na minha vida, em 2004, ao qual eu me refiro como “a vez que ganhei na loteria”. Eu morava na província de Nápoles, em Sorrento. Trabalhava para uma família dona de um hotel onde o mar Mediterrâneo engole o […]

Edwin Saunders. Esse nome era repetido na televisão enquanto eu fazia o jantar. Não familiarizada com a história do sujeito, parei um segundo para entender a importância dele. Quando terminou a reportagem, uma tristeza em mim. Pobre Saunders. Era dentista. Dos bons. Mas sua profissão era ingrata: Edwin Saunders era o dentista responsável pelo raríssimo […]